Morre o humorista e apresentador Jô Soares, aos 84 anos

Divulgação/TV Globo

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Ele estava internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo; causa da morte ainda não foi divulgada

Morre o humorista e apresentador José Eugênio Soares, conhecido como Jô Soares, aos 84 anos, na madrugada desta sexta-feira (5). Ele estava internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o final do mês de julho. A causa da morte ainda não foi divulgada. O funeral de Jô será realizado apenas para a família e amigos próximos. A informação foi confirmada inicialmente pela ex-esposa dele, Flavia Pedras, nas redes sociais e, em seguida, pela equipe do hospital. “Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados (…) Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida”, escreveu Flavia. O Hospital Sírio Libanês emitiu uma nota confirmando a morte de Jô Soares: “O paciente Jô Soares faleceu na data de hoje, 05 de agosto, às 2h20, no Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele estava internado desde o dia 28 de julho no hospital, onde era acompanhado pelas equipes do corpo clínico da instituição”. O documento é assinado pelos médicos Luiz Francisco Cardos, diretor de governança clínica da unidade de saúde, e Ângelo Fernandez, diretor clínico do hospital.

Jô Soares nasceu no dia 16 de janeiro de 1938 e teve uma longa carreira no entretenimento brasileiro, destacando-se como humorista, dramaturgo, escritor, ator, diretor de teatro, apresentador de televisão. Chegou a trabalhar nas emissoras Continental, TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e TV Globo. Como apresentador, foi dono de programas como o “Jô Soares Onze e Meia”, no SBT, que comandou entre 1988 e 1999. Nos anos 2000, ele deu início a sua mais famosa atração, o “Programa do Jô”, na TV Globo, no qual realizou diversas entrevistas de celebridades e autoridades. A atração foi ao ar até o ano de 2016.

Fonte Jovem Pan News
1 comentário
  1. Rose Diz

    Uma tristeza!
    Uma grande perda para a arte no Brasil
    Jô tinha um humor inteligente, que não ofendia ninguém, opiniões embasadas de bom senso, enfim, muito talento! Viva o gordo (pra sempre na nossa memória)!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.