Cruzeiro vence Bahia por 1 a 0, segue 100% em casa e continua líder da Série B

Cria da base, Stênio marcou o gol que deu a vitória ao Cruzeiro (Divulgação / Cruzeiro)

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

No Mineirão, o Cruzeiro segue 100%. Neste sábado (23), diante do Bahia, a Raposa venceu por 1 a 0 e segue líder da Série B. O gol foi marcado por Stênio, no segundo tempo. Agora, os mineiros tem 45 pontos em 20 jogos e abriu nove pontos para o vice-líder e incríveis 17 pontos para o quinto colocado.

O jogo foi equilibrado e as equipes tinham suas estratégias bem definidas. O Cruzeiro tentou impor seu estilo de jogo, intenso, com a bola e o Bahia buscava tirar os espaços e sair no contra-ataque. No primeiro tempo, as duas equipes tiveram chances de gol, mas o jogo foi morno.

Na segunda etapa, o Cruzeiro ficou em desvantagem. Eduardo Brock precisou fazer falta na intermediária e, como era o último homem, foi expulso.

Contudo, praticamente no lance seguinte, a Raposa abriu o placar com Stênio completando para rede rebote dado pelo goleiro Danilo Fernandes. A partir daí, o jogo virou ataque contra defesa, mas o Bahia não conseguiu marcar.

O jogo 

O Cruzeiro começou o jogo buscando impor a sua forma de jogar. Com intensidade e posse de bola, os anfitriões criaram as duas primeiras chances da partida. O atacante Edu foi lançado e finalizou obrigando Danilo Fernandes a fazer boa defesa e Zé Ivaldo, de cabeça, também levou certo perigo. 

Do outro lado, o Bahia tentava sair nos contra-ataques. Aos 18 minutos, após rápida troca de passes, Raí saiu de frente para o gol e obrigou Rafael Cabral a fazer boa defesa. Contudo, o Cruzeiro seguia no comando das ações ofensivas. De fora da área, Neto Moura e Bruno Rodrigues finalizaram e levaram perigo ao gol adversário.

Na reta final do primeiro tempo, o jogo ficou mais aberto. Daniel e Raí Nascimento perderam chances para o Bahia enquanto Bruno Rodrigues, de novo de fora da área, incomodou o goleiro Danilo Fernandes. 

O reinício da partida foi mais fechado. O Bahia seguia defendendo muito bem a própria área, impedindo o Cruzeiro de circular a bola pela área. As alternativas eram os chutes de fora da área e Filipe Machado conseguiu acertar bom chute aos 12 minutos. 

Aos 19, Eduardo Brock fez falta matando contra-ataque puxado por Copete. Como era o último homem, o zagueiro celeste foi expulso. A desvantagem em campo não se traduziu no placar.

No lance seguinte, Bruno Rodrigues novamente finalizou da entrada da área e o goleiro do Bahia rebateu. Stênio, em posição legal, completou para o fundo das redes. 

O Bahia tentou responder rápido, mas Matheus Davó parou no goleiro Rafael Cabral, que defendeu finalização feita dentro da área. O Tricolor passou a pressionar bastante, criando algum perigo em chances com Vitor Jacaré e Igor Torres, mas sem sucesso.

Nos acréscimos, Rodallega botou uma bola na trave do Cruzeiro, no lance mais perigoso do Bahia.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 BAHIA

CRUZEIRO
Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Eduardo Brock, Filipe Machado; Matheus Bidu, Pablo Siles (Wagner), Neto Moura (Pedro Castro), Matheus Bidu; Bruno Rodrigues (Breno), Luvannor (Stênio), Edu (Leo Pais).
Técnico: Martin Varini.

BAHIA
Danilo Fernandes; André (Igor Torres), Luiz Otávio, Gabriel Xavier, Didi, Matheus Bahia (Vitor Jacaré); Rezende, Mugni (Rodallega); Daniel, Raí (Copete), Matheus Davó (Gregory).
Técnico: Enderson Moreira

Motivo: 20ª rodada da Série B do Brasileirão 2022
Data e horário: 23 de julho (sábado) de 2022 às 16h (de Brasília)
Local: Mineirão
Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP), auxiliado por Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima, ambos de SP.
VAR: Rafael Traci (SC)
Cartões Amarelos: Luvannor, Neto Moura, Stênio (CRU); Mugni (BAH)
Cartão Vermelho: Eduardo Brock (CRU)
Gol: Stênio (CRU) aos 21’/2ºT; 

Fonte Hoje em Dia
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.