Cemig destinou mais de 800 mil reais para projetos voltados à população idosa do Oeste de Minas

Foto: Cemig Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Companhia aporta recursos em iniciativas aprovadas via Fundo do Idoso para beneficiar essa faixa da população

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) está com edital de chamada pública aberto para seleção de projetos voltados à população idosa, devidamente aprovados no Fundo Estadual dos Direitos do Idoso ou em fundos municipais do idoso. A Cemig pretende, por meio desse edital de seleção, concluir o 3º trimestre de 2022, realizando aportes de recursos para os projetos relacionados à proteção e ao atendimento à pessoa idosa, como forma de melhor exercer a sua cidadania corporativa.

O edital está disponível no site da Cemig e especifica as particularidades a serem atendidas pelos projetos participantes. Serão priorizados projetos que buscam a proteção, atendimento e estruturação da rede de apoio à pessoa idosa no estado de Minas Gerais, visando a ampliação e melhoria das ações voltadas a essa população. Empreendedorismo, geração de renda, diversidade, saúde, cultura e inclusão digital estão entre as características que serão priorizadas na classificação dos proponentes. Os interessados têm até às 18h do dia 15 de julho para protocolar os projetos.

Nos três últimos anos de seleção dos projetos de assistência e proteção à pessoa idosa, a região Oeste de Minas foi contemplada com projetos da Santa Casa de Misericórdia do município de Itaguara, Assopoc de Crucilândia e do Lar Bom Pastor, no município de Claúdio. Os recursos investidos pela Cemig somam mais de R$ 800 mil e beneficiaram diretamente quase 1.500 idosos na região.

De acordo com o gerente de Sustentabilidade Empresarial da Cemig, Adiéliton Galvão, a companhia está comprometida em continuar atuando como um dos mais importantes atores de investimento social no estado de Minas Gerais. “Estamos ampliando nossa atuação. Além do nosso foco em desenvolvimento social e educacional, fortalecimento do setor cultural e incremento do setor esportivo, agora estamos atuando no atendimento à população idosa. A ênfase será no público dessa faixa etária que esteja em situação de vulnerabilidade social e vínculos familiares enfraquecidos”, explica.

O objeto da chamada pública reforça que a Cemig está atenta ao fato de que a proporção de pessoas da chamada terceira idade vem crescendo rapidamente no país. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui hoje mais de 28 milhões de pessoas com mais de 60 anos, número que representa 13% da população do país. Esse percentual tende a dobrar nas próximas décadas, como aponta a Projeção da População do IBGE, atualizada em 2018.

https://censo2021.ibge.gov.br/2012-agencia-de-noticias/noticias/24036-idosos-indicam-caminhos-para-uma-melhor-idade.html

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.