Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro, diz pesquisa

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma nova pesquisa divulgada nesta quarta-feira (22) pelo PoderData mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aumentou sua vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL) dentro da margem de erro no primeiro turno e em sete pontos no segundo.

De acordo com a sondagem, realizada entre 19 e 21 de junho, Lula aparece com 44% das intenções de voto, um ponto a mais que no levantamento publicado em 8 de junho, dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Já Bolsonaro oscilou um ponto para baixo e agora está com 34%.

Com isso, a vantagem do petista subiu de oito para 10 pontos. Em seguida aparecem Ciro Gomes (PDT), com 6%; André Janones (Avante), com 2%; e Simone Tebet (MDB), Eymael (DC) e Luciano Bivar (União Brasil), com 1% cada.

Vera Lúcia (PSTU), Felipe D’Ávila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Pablo Marçal (Pros) e Leonardo Péricles (UP) não pontuaram.

Ainda de acordo com a sondagem, Lula se sai melhor sobre Bolsonaro entre as mulheres (49% a 26%) do que entre os homens (39% a 43%).

Nas regiões, seu melhor desempenho é no Nordeste, com 58% a 25%, mas o petista também prevalece no Norte (46% a 39%) e no Sul (44% a 39%), embora apareça atrás de Bolsonaro no Centro-Oeste (40% a 41%) e no Sudeste (36% a 37%).

Lula ainda tem ampla vantagem entre os eleitores que recebem até dois salários mínimos (47% a 32%) e mais de cinco salários mínimos (47% a 32%), porém perde dentro da margem de erro na faixa de dois a cinco salários mínimos (38% a 40%).

Em um eventual segundo turno, o petista teria 52%, contra 35% de Bolsonaro, uma diferença de 17 pontos. Na pesquisa anterior, o ex-presidente e o atual mandatário apareciam com 50% e 40%, respectivamente.

A pesquisa entrevistou 3 mil pessoas por telefone nas 27 unidades da federação. O intervalo de confiança é de 95%.

(ANSA).

Fonte IstoÈ
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.