Vítima de acidente de moto em Itapecerica, não resiste aos ferimentos e morre no hospital

Foto: Wellington Vieira/DN

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma das vítimas de um acidente de moto ocorrido no final da tarde de sexta-feira (17), não resistiu aos ferimentos e infelizmente veio a óbito no hospital.

A vítima fatal tinha 28 anos de idade, era da cidade de Pirapora (MG) e estava na garupa da moto, que era conduzida por uma outra mulher, residente em Itapecerica (MG), que não teve a idade divulgada, que de acordo com informações não oficiais ela é inabilitada.

As vítimas trafegavam na referida motocicleta, pela rodovia estadual MG-164, no sentido centro da cidade, quando ao se aproximar do perímetro urbano, ainda por razões desconhecida, a condutora perdeu o controle da moto, colidiu lateralmente contra uma mureta de concreto, atravessou a rua, subiu na praça e colidiu contra um poste de iluminação.

Com o impacto, ambas foram lançadas a uma certa distância e a passageira da moto, após ser lançada ao solo, sofreu ferimentos graves, ficando desacordada.

Já a condutora, sofreu uma aparente fratura em uma das pernas e escoriações pelo corpo e estava consciente. Duas unidades de suporte básico (USB) do SAMU, foram empenhadas no atendimento as vítimas.

Foto: Wellington Vieira/DN

Com a chegada da primeira ambulância do SAMU, a vítima que se encontrava em estado grave, recebeu os primeiros atendimentos foi imobilizada e dentro da ambulância, foi realizado os primeiros procedimentos de reanimação e posteriormente, ela foi encaminhada ao pronto socorro de Itapecerica, onde veio a óbito.

Com a chegada da segunda ambulância, a condutora da moto que estava consciente, também foi imobilizada e encaminhada ao pronto socorro de Itapecerica.

A motocicleta, uma Honda CG de cor preta, teve a frente arrancada com a violência da colisão.

O corpo da vítima fatal, foi encaminhado ao IML pela funerária Itapax e posteriormente para a cidade de Pirapora (MG), onde será realizado o velório e sepultamento.

Foto: Wellington Vieira/DN
Foto: Wellington Vieira/DN
Foto: Wellington Vieira/DN
2 Comentários
  1. PAULO MARCIO Dé melo silva Diz

    O loco

  2. PAULO MARCIO DE Diz

    Inacreditável esse acidente como ela foi bater ali estive lá No sábado e vi destroços da moto

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.