Lula se casa pela terceira vez em cerimônia restrita com presença de aliados e apoiadores famosos

Ricardo Stuckert/Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Ex-presidente sela laço matrimonial com a socióloga Rosangela da Silva, conhecida como Janja; evento não conta com a presença de petistas históricos

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se casou com a socióloga Rosangela da Silva, popularmente conhecida como Janja, na noite desta quarta-feira, 18, em uma cerimônia no Morumbi, zona sul de São Paulo. O evento, que inicialmente estava programado para 150 pessoas, ultrapassou os 200 convidados. Petistas históricos como José Dirceu e Eduardo Suplicy, além do seu coordenador de campanha, José Guimarães, não foram convidados. A ideia do casal foi de chamar apenas aqueles que estão mais próximos da vida de ambos. Aliados históricos como Dilma Rousseff (PT), Fernando Haddad (PT), o deputado federal Marcelo Freixo e o senador Jacques Wagner (PT-BA) foram à cerimônia na capital paulista. Também deram o ar da graça artistas engajados na campanha de Lula, como a cantora Daniela Mercury, o humorista Paulo Vieira e o ex-BBB Gil do Vigor. Chico Buarque e Carol Proner não compareceram porque estão fora do país.

No convite, havia um recado para que as pessoas ficassem longe dos celulares. Antes da cerimônia, o perfil oficial de Lula no Twitter publicou uma foto da noiva vestida para o casamento. os dois iniciaram um relacionamento no final de 2017, mas apenas o tornaram público em 2019. Na época, o petista encontrava-se preso na sede da Polícia Federal em Curitiba — Janja esteve na vigília realizada no local em apoio ao ex-presidente. A lua de mel do casal será em São Paulo, em um local ainda não divulgado. A agenda externa de Lula, que está em pré-campanha, vai ser  retomada na semana que vem, quando ele visitará Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O primeiro casamento do ex-presidente foi com Maria Lourdes da Silva, que morreu em 1971, dois anos após a união, devido a uma hepatite; ela estava grávida de oito meses e a criança também não sobreviveu. O segundo foi com Marisa Letícia Lula da Silva, que morreu em 2017, após mais de 30 anos de casamento e três filhos com Lula (os dois tinham um filho cada de outros relacionamentos). Marisa faleceu devido a um AVC.

Ricardo Stuckert/Divulgação
Fonte Jovem Pan News
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.