Mulher é conduzida a delegacia de polícia civil em Itapecerica por exploração do jogo do bicho

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A informação foi divulgada na tarde dessa quarta-feira (27)

Na terça-feira (26), a Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu mandado de busca e apreensão contra uma mulher, de 56 anos, suspeita da prática reiterada do popularmente conhecido jogo do bicho, em Itapecerica (MG).

Segundo a Polícia Civil, a investigada já havia sido surpreendida em flagrante no cometimento da mesma infração penal no dia 29 de dezembro de 2021.

Após denúncias anônimas de que a mulher teria retornado a prética do jogo do bicho, registradas em março, a equipe de policiais realizou levantamentos no estabelecimento utilizado para as apostas de jogos de azar. Com base nas informações obtidas, a Polícia representou à Justiça pela expedição do mandado de busca e apreensão, cumprido na terça-feira.

Foram arrecadados cadernos com anotações de jogadores, uma máquina de registro das apostas ilícitas, além de diversos extratos mecânicos de jogatinas. A suspeita foi encaminhada à Delegacia de Polícia em Itapecerica, responsável pelas investigações, para as providências legais cabíveis, e foi liberada após ser ouvida. O procedimento investigativo prossegue e no futuro ela pode ser condenada pelo regime diverso do aberto e ainda decretada sua prisão preventiva”.

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.