Polícia Civil prende gerente do tráfico e apreende drogas em Nova Serrana (MG)

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, na última quinta-feira (22), a operação Necrópole, em combate ao tráfico de drogas em Nova Serrana, na região Centro-Oeste do estado.

 

Após três meses de investigações, a equipe prendeu em flagrante um homem, de 18 anos, suspeito de ser um dos gerentes do tráfico.

 

A matéria continua após a publicidade

Com o investigado foram apreendidos 183 papelotes de cocaína; 161 buchas, três porções, um tablete e uma barra de maconha; um tablete e uma porção de crack; três balanças; material para embalagem da droga; e R$ 300 em dinheiro. Foram também apreendidos um celular e uma moto.

 

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Davidson Marcos dos Santos Lara, o nome da operação é uma referência ao lugar utilizado para armazenamento de entorpecentes e dinheiro, e onde o suspeito foi preso: o cemitério da cidade. “A utilização de um local solene e sagrado para o tráfico de drogas confirma a ousadia e a completa ausência de valores desses indivíduos, que no caso específico chegaram a realizar o tráfico em meio a velórios e enterros”, pontua.

 

O suspeito, conhecido no meio policial e com diversos registros por roubo, homicídio e tráfico, foi levado à Delegacia Regional em Nova Serrana e teve sua prisão ratificada por tráfico ilícito de drogas. Em seguida, foi encaminhado ao sistema prisional.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com