Polícia Civil estoura fábrica clandestina de cigarro em Belo Horizonte

Polícia Civil/Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) fechou, na tarde desta quarta-feira (23), uma fábrica clandestina de cigarros no bairro Minaslândia, região Norte de Belo Horizonte. Duas pessoas foram conduzidas à delegacia e serão autuadas em flagrante.

 

A matéria continua após a publicidade

 

A delegada da 4ª Delegacia de Polícia Civil em Venda Nova, Adriana Veloso Ferraz, que coordenou ação, conta como a PCMG conseguiu chegar ao local: “A equipe de investigadores abordou um veículo na área da delegacia, e no carro havia vários maços de cigarros de origem não comprovada. Após entrevista com o condutor, obtivemos a informação da localização de uma possível fábrica clandestina”, revela.

Em continuidade dos levantamentos, policiais civis foram até o imóvel. “Ao chegar no local, foi constatado que ele estava em pleno funcionamento, com insumos, embalagens, equipamentos, além de cigarros de palha já fabricados e embalados”, descreve a delegada.

Polícia Civil/Divulgação

No momento da abordagem, vários funcionários estavam em atividade. A perícia foi acionada e o local está lacrado. Dois suspeitos serão autuados pelo crime previsto no art.7º, IX, da Lei 8.137/90 (vender, ter em depósito para vender ou expor à venda ou, de qualquer forma, entregar matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo).

 

A ação foi realizada pela 4ª Delegacia de Polícia Civil em Venda Nova, pertencente ao 1º Departamento de Polícia Civil em Belo Horizonte.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com