Integrante da facção criminosa “PCC” morre em confronto com a Polícia Civil em Araçuaí (MG)

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A polícia civil de Minas Gerais através da delegacia de Polícia de Araçuaí, deflagrou neste domingo (20), a “Operação Lealdade”, com objetivo em realizar a prisão do elemento faccionado ao PCC, de iniciais C.T.R., bem como sua esposa S.S.J., ambos possuíam mandado de prisão em aberto, sendo o primeiro um fugitivo do estabelecimento prisional Nelson Hungria em Contagem (MG).

 

A matéria continua após a publicidade

Segundo a Polícia Civil, a Investigação policial declinou a participação ativa de ambos no tráfico ilícito de entorpecentes e uso ostensivo de armas de fogo.

Durante a ação policial o alvo C.T.R. demonstrou resistência ativa efetuando disparos de arma de fogo, a ameaça iminente que foi neutralizada, sendo constatado o óbito no local.

A operação contou com apoio de 17 policiais das delegacias de Teófilo Otoni, Itambacuri, Pedra Azul, Medina, Almenara, Montes Claros e Belo Horizonte.

A Investigação foi orientada pelo Inspetor Renato, levantamentos realizados pelo Delegados Olegário, Tiago Carvalho, Investigadores Vieira, Rafael, Thiago, Daiana, Diana e presidida pelo Delegado Geovane Klipel.

Ao final da operação foram apreendidos; 01 revolver calibre .38, 01 escopeta calibre .12, 36 Munições calibre .38, 13 Estojos deflagrados calibre .38, 22 Munições calibre .12, 12 Plantas de maconha, 175gr de Pasta base, 4.500 ependorf´s para endolagem de cocaína, 04 rolos de cordéis detonante, 12 espoletas elétricas e 01 aparelho celular.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com