Homem com diversas passagens policiais é vítima de tentativa de homicídio em Divinópolis

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Polícia Militar (PM), compareceu a UPA de Divinópolis, na madrugada deste sábado (12), onde a guarnição do Corpo de Bombeiros Militar havia acabado de deixar na UPA uma vítima baleada.

De acordo com a polícia militar, um homem de 27 anos de idade natural de Matheus Leme (MG), deu entrada na UPA, sendo atendido pelo médico, que constatou na vítima duas perfurações provenientes de arma de fogo, sendo uma no antebraço direito e outra na região do tórax lado direito, sendo a vítima transferida para a sala vermelha do Hospital São João de Deus para cirurgia.

 

A matéria continua após a publicidade

 

Segundo a vítima, mora na cidade de Mateus Leme e veio de Uber para Divinópolis a dois dias, sendo que na noite de sábado (12), estava em uma festa na casa de uma pessoa, porém, não quis contar quem seria esta pessoa, que na festa tinha aproximadamente sete pessoas, que estavam fazendo uso de drogas, que saiu da festa um instante, e foi comprar mais bebidas, que durante o deslocamento, nas proximidades do Corpo de Bombeiros Militar, situado na avenida JK, uma motocicleta Honda CG 150, cor preta, com dois ocupantes, aproximou-se e efetuou disparos de arma de fogo contra sua pessoa, vindo dois disparos a atingi-lo, sendo um na região do tórax lado direito e outro no antebraço direito.

Ainda conforme a vítima, não quis contar o endereço da festa em que estava, não quis contar se estava sendo ameaçada, afirmou que fez uso de drogas, que foi preso pelo crime de tráfico de drogas na cidade de Itaúna (MG). A vítima disse que mentiu para os militares do Corpo de Bombeiros quando foi atingida pelos disparos de arma de fogo, que conseguiu correr e pedir socorro no quartel do Corpo de Bombeiros Militar, dizendo aos bombeiros que havia sido vítima de roubo, quando na verdade não foi vítima de roubo, e sim de tentativa de homicídio.

 A vítima disse ainda que não iria comentar sobre o motivo desta tentativa de homicídio contra sua pessoa.

Foi realizado varreduras no entorno do local em que a vítima disse ter sido atingida pelos disparos de arma de fogo, mas não foi localizado vestígios como marca de sangue, nem capsulas de arma de fogo nas imediações.

Em pesquisa no sistema informatizado foi constatado que a vítima possui diversas passagens por crimes, entre eles o crime de tráfico de drogas. Desse modo, foi feito o registro para demais medidas investigativas pertinentes a este fato, afim de verificar a realidade dos fatos alegados pela vítima.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com