Criminosos incendeiam ônibus na BR-381 e deixam uma carta que denuncia tortura no presídio de Formiga (MG)

Foto: WhatsApp/DestakNews

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um ônibus de transporte coletivo, que fazia a linha São Joaquim de Bicas/Metrô Eldorado foi incendiado por criminosos na noite deste sábado (5) na BR-381, no Jardim Piemonte, em Betim (MG).

De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), o motorista do coletivo, relatou que estava estacionado na marginal da BR-381, devido um problema mecânico no veículo, aguardando o pessoal da empresa viação novo retiro, que daria manutenção no mesmo. Foi quando dois indivíduos trajando calça jeans, blusa cinza e encapuzados o abordaram e roubaram sua carteira nacional de habilitação (CNH) e colocaram fogo no coletivo.

 

A matéria continua após a publicidade

 

Os bombeiros compareceram ao local e realizaram os trabalhos de praxe e a PRF assumiu a ocorrência. Uma informação anônima repassada pelo COPOM relatava que os possíveis autores do fato estariam em veículo Fiat Palio, de cor prata, com placas de Contagem (MG). Foi feito rastreamento pelas viaturas do turno, contudo sem êxito. A polícia suspeita que o veículo seja clonado.

O motorista do ônibus incendiado, relatou também que os autores entregaram uma carta e pediram para que o motorista entregasse a mesma para a imprensa.

Na carta, os autores denunciam que os apenados do presídio de Formiga, na região Centro-Oeste do estado, estão sendo torturados.

Eles pedem ainda, uma atenção especial das autoridades competentes para resolverem esta situação. Caso isso não surja efeito, partiremos rumo a cidade de Formiga e lá também, faremos com que nossa voz tenha efeito, diz a carta.

Leia abaixo a íntegra da carta.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com