Com 5 a 1 no placar agregado, Atlético despacha América e vai à final do Mineiro contra o Tombense

Bruno Cantini/Atlético

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma vitória para ratificar a superioridade técnica – principalmente em relação aos investimentos feitos – e também para confirmar a classificação para a final do Campeonato Mineiro. Este foi o valor dos 3 a 0 do Atlético sobre o América nesta quarta-feira (5). Os gols, marcados na segunda etapa, foram anotados por Réver, Marrony e Savarino.

Buscando o 45º título estadual, o Galo enfrentará o Tombense na decisão. A Federação Mineira de Futebol informou que os duelos serão disputados nos dias 26 e 30 deste mês. Como fez a melhor campanha no primeiro turno, o time de Tombos entra com a vantagem de dois resultados iguais (a favor) para dar a volta olímpica.

 

A matéria continua após a publicidade

 

O jogo

Num primeiro tempo bastante truncado, as duas equipes não conseguiram abrir o placar no Independência. Na escalação, os treinadores promoveram duas alterações em relação ao jogo de ida: no Galo, Gabriel e Alan Franco entraram nas vagas de Guga e Jair; no Coelho, Matheusinho e Flávio entraram nos lugares de Sávio e Zé Ricardo.

Logo no primeiro minuto, o zagueiro Junior Alonso parou o atacante Ademir com falta, e os americanos reclamaram bastante do cartão amarelo aplicado ao paraguaio do Atlético. Para os alviverdes, o certo seria a expulsão.

Errando muitos passes, a equipe de Jorge Sampaoli não conseguiu balançar a rede do rival e ainda passou por um grande susto. Numa saída errada da zaga, Matheusinho obrigou Rafael a fazer uma grande defesa. Apesar disso, o time alvinegro teve maior posse de bola e o dobro de finalizações: 4 contra 2.

Segunda etapa

Voltando do intervalo sem alterações, as duas equipes foram para os 45 minutos finais: o América precisando de pelo menos um gol de vantagem, e o Atlético, podendo segurar o empate.

Contudo, aos 10 minutos, Réver abriu o marcador no Horto e colocou o alvinegro na frente. O tento, de cabeça, foi o 27º do capitão pelo alvinegro.

Pouco tempo depois, Lisca acabou perdendo o atacante Ademir, que sentiu lesão muscular na coxa esquerda. Aproveitando a vantagem, Sampaoli mexeu no Atlético e promoveu a estreia do lateral-direito Mariano. Jair e Marquinhos também foram acionados.

Para selar a classificação à final do Estadual, Marrony resolveu acabar com o jejum e, com um golaço, fez o segundo tento aos 27 minutos. Encobrindo o goleiro Airton e o grandalhão Messias, ele anotou o primeiro com a camisa atleticana.

Aos 40, Savarino fechou o placar, contando com a falha do arqueiro do alviverde. O chute, mascado, acabou superando o camisa 1.

Fim de papo: Atlético 3 x 0 América.

Ficha Técnica:
América 0 x 3 Atlético

Motivo: Jogo de volta das semifinais do Campeonato Mineiro
Local: Independência
Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Celso Luiz da SIlva e Pablo Almeida Costa
VAR: Igor Júnio Benevenuto de Oliveira
Gols: Réver aos 10, Marrony aos 27 e Savarino aos 40 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Lisca, João Paulo e Juninho (América); Alonso e Jorge Sampaoli (Atlético)

AMÉRICA
Airton; Leandro Silva (Diego Ferreira), Messias, Eduardo Bauermann e Flávio (Rickson); Juninho, Alê e João Paulo; Matheusinho (Vitão), Ademir (Léo Passos) e Felipe Augusto (Neto Berola)
Técnico: Lisca

ATLÉTICO
Rafael; Gabriel (Igor Rabello), Réver (Mariano), Alonso e Guilherme Arana; Allan, Alan Franco (Jair) e Nathan; Savarino e Keno (Marquinhos); Marrony (Hyoran)
Técnico: Jorge Sampaoli

Fonte Hoje em Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com