Polícia Civil prende em Juiz de Fora, suspeito de tráfico de animais e de maus-tratos

PCMG/Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Na manhã desta sexta-feira (31), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu em flagrante um jovem de 21 anos, suspeito de tráfico de animais silvestres e de maus-tratos, no Bairro Santa Cruz, no município de Juiz de Fora. Ele também foi preso por posse de drogas para consumo pessoal. A ação foi realizada no momento em que o investigado recebia uma encomenda postal contendo duas iguanas vivas no interior da embalagem.

 

A matéria continua após a publicidade

 

Durante as diligências, também foram localizadas uma réplica de pistola e porções de maconha e de anabolizante, na residência do investigado. Já os animais foram encontrados presos em uma fita crepe e resgatados por policiais civis do Núcleo de Atendimento às Ocorrências de Maus-tratos a Animais e do Núcleo de Acervo Cartorário da 1ª Delegacia Regional de Juiz de Fora. Eles estariam nessa situação há cerca de dois dias, durante transporte pelos Correios.

De acordo com informações do Delegado Samuel Neri, que responde pelo Núcleo, as diligências foram efetuadas, após investigação. “Inclusive com troca de informações com o Departamento de Meio Ambiente em Belo Horizonte. Apurações realizadas acerca de tráfico interestadual de animais, de espécie silvestre, e que resultaram na prisão do destinatário da encomenda, ou seja, daquele que seria o suspeito de ter encomendado os animais”, concluiu, explicando que as apurações seguem em andamento.

Ainda de acordo com a autoridade policial, o jovem foi conduzido à Delegacia e autuado, devendo responder em liberdade pelos crimes, tendo em vista a pena dos delitos. Já os animais foram encaminhados ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com