Governo autoriza emissão de nota de R$ 200, que terá o lobo-guará na face

Reprodução/Twitter

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Infectologistas e outros especialistas em saúde passaram a desaconselhar o uso de dinheiro vivo pelos brasileiros nos últimos meses para reduzir o risco de contaminação pelo novo coronavírus, mas o fato é que notas e moedas ainda são o principal meio de pagamento na economia. 

Para quem sentia falta de notas com valores mais altos, o governo acaba de dar uma boa notícia. 

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o lançamento da cédula de R$ 200 (duzentos reais), que terá como personagem o lobo-guará, segundo anúncio nesta nesta quarta-feira (29).

 

A matéria continua após a publicidade

 

O Banco Central não divulgou o desenho da nova nota, equivalente a aproximadamente US$ 39. Por meio do seu perfil no Twitter, afirmou: “O design da cédula será apresentado em breve, no lançamento oficial. Com a nova denominação, além de reduzir custos com a logística de distribuição do dinheiro, o BC garante o adequado abastecimento de cédulas na economia nacional.”

A nova cédula deverá entrar em circulação a partir do final de agosto. A previsão é que sejam impressas 450 milhões de cédulas de R$ 200 ainda em 2020.

A diretora de Administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, destacou que, por observar um aumento do fenômeno conhecido como “entesouramento” (hábito da população de guardar o dinheiro em vez de colocá-lo em circulação), que subiu em R$ 61 bilhões entre março e julho, o Banco Central avaliou o momento atual como oportuno para o lançamento da nova cédula.

“Isso não é um fenômeno do nosso país. E gerou um aumento expressivo de demanda nas casas impressoras. O BC está agindo previamente diante de um possível aumento de demanda de numerário (o dinheiro em espécie) por parte da população. Com essa nova cédula, vamos poder reduzir custos de logística e distribuição de numerário pelo país”, explicou. 

Um estudo do Banco Central de 2018 revelou que, para 60% dos brasileiros, o dinheiro era o meio mais frequente de pagamento, à frente do cartão de débito (22%) e de crédito (15%). 

Lobo-guará

Reprodução/Twitter

A escolha da imagem do animal, segundo a diretora, foi feita por meio de uma pesquisa do Banco Central de 2001, com uma lista de imagens de animais ameaçados de extinção. O desenho da nova cédula está em fase final de teste. “Todas as questões de imagens são preocupações do BC e essas imagens são geradas a partir de fotos, feitas pela equipe do BC, desses animais”, informou Barros. 

Barros lembrou ainda que a nota terá elementos de segurança. “Como nas demais cédulas, tem elementos de segurança robustos e capazes de proteger de falsificação. Quanto maior o valor, maior é a nossa preocupação”, reforçou. 

Segundo ela, as cédulas vão entrar em circulação de forma gradual, conforme a demanda da população aumente.

Será a nota de maior valor em circulação na economia brasileira, status que pertence desde 1994 à cédula de R$ 100. A garoupa, uma espécie de peixe, estampa essa cédula.

Na outra ponta, a nota de menor valor em circulação é a de R$ 2, uma vez que a nota de R$ 1 não é mais produzida.

Fonte CNN Brasil
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com