Polícia Civil cumpre mandado e apreende diversos aparelhos de internet desviados de uma empresa em Araxá (MG)

Foram cumpridos 10 mandados de prisões temporárias

Divulgação/PCMG

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, por meio da Delegacia de Combate a Crimes Patrimoniais, situada na 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Araxá, chefiada pelo Dr. Conrado Costa da Silva e sua equipe, sob o comando do Delegado Regional Dr. Vitor Hugo Heisler, nesta sexta-feira (26), desencadeou a 4ª fase da Operação Quebra de Confiança,  cumprindo mandado de prisão temporária e buscas e apreensão expedido em desfavor de um empresário da cidade de Araxá (MG), proprietário de um empresa provedora de internet móvel, investigado por ser um possível receptador de materiais desviados de um outra grande empresa da cidade de Araxá.

 

A matéria continua após a publicidade

 

De acordo com a polícia civil, consta nos autos que há muito, os autores desviavam bens materiais da citada entidade empresarial, objetivando auferir vantagem econômica, instalando nas residências de terceiros de boa-fé, aparelhos usados, e doutro lado, comercializando os aparelhos novos desviados.

Insta salientar que ao longo da operação foram recuperados dezenas de roteadores e bobinas de fibra ótica, minimizando, assim, o prejuízo da vítima. Ao todo, já foram cumpridos 10 mandados de prisões temporárias e buscas e apreensões, acarretando no desmantelamento de uma possível organização criminosa. As investigações seguem seu curso natural com o fito de concluir os trabalhos de polícia judiciária.

Divulgação/PCMG
Divulgação/PCMG
Divulgação/PCMG
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com