“Eleições no Radiante Esporte Clube de Camacho tem novo capítulo” jogadores comparecem à sessão da câmara para que fosse designada nova eleição

Foto: Redes Sociais/Divulgação

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Na noite desta quinta-feira (4), jogadores, ex-jogadores e outras pessoas ligadas ao esporte em Camacho (MG) estiveram presentes à reunião da Câmara, onde expuseram aos vereadores, na condição de representantes do povo, todas as questões referentes a eleição que deu origem à atual diretoria do time, dentre eles o vereador pelo Parido dos Trabalhadores, Anderson Ferreira (Dercinho), atual presidente. Na ocasião entregaram ao Presidente da Câmara Carlos Antônio Rodrigues um abaixo assinado com a aposição de pelo menos 200 assinaturas.

 

O Senhor Lucas Alberto Leão, dentista e ativo colaborador, da tribuna levantou todas as questões atinentes a eleição, que segundo ele não teria sido divulgada de forma ampla, de modo a impedir uma grande leva de pessoas de participarem. Na oportunidade, apelou para o vereador para que diante dos fatos postos, convocasse nova eleição, onde fosse oportunizado a todos concorrerem.

 

A matéria continua após a publicidade

O vereador prometeu empenho à frente de seu mandato como presidente do Radiante e disse que já vinha tomando providências no sentido de resolver algumas questões atinentes ao Estádio que segundo os presentes encontra-se em situação de penúria, tendo se transformado em um terreno baldio, exposto a ação de traficantes e outros tipos de criminosos, incomodando, sobremaneira os vizinhos que também reclamam das atuais condições do local.

Ouça o Áudio da Pauta na Reunião

Contudo, quanto a eleição, que entendem ter sido realizadas sem que fosse oportunizada a todos os interessados o direito de participarem, o vereador Dercinho nada disse, não abrindo qualquer leque nesse sentido. O fato causou revolta entre os presentes que começaram a gritar palavras de ordem em direção ao vereador questionando-o como teria ocorrido a publicidade, sobretudo, quanto a publicação do edital. No áudio da reunião anexa resta claro que foi admoestado a não retrucar.

 

Opinião do Destaknews:

Em qualquer processo de escolha que envolva uma entidade em um país que se diz democrático o povo deve ser sempre ouvido e diante de uma série de fatores que indicam fatos difíceis de explicar como a presença de muitas pessoas ligadas ao Partido dos Trabalhadores na direção do clube, a questão deve ser melhor estudada pelos próprios vereadores e autoridades, até para o bem dos envolvidos, para que não reste qualquer dúvida sobre a lisura do pleito.

Leia Também
População de Camacho desaprova a nova diretoria do Radiante, que é composta por um grupo político

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com