Coronavírus: Camacho (MG) passa a contar com barreiras sanitárias de triagem nas entradas do município

Entrada de Camacho (Foto WhatsApp)

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Prefeito de Camacho (MG), editou o Decreto 537/2020 para determinar que as entradas do município de Camacho passem a contar com barreiras sanitárias de triagem.
Ainda segundo o prefeito Bruno Lamounier, o município não tem autonomia para fechar as entradas da cidade, dessa forma os casos abaixo indicados podem entrar na cidade após comprovação dos requisitos.

 

 

A matéria continua após a publicidade

Veja o que diz o texto abaixo:

 

I – Veículos de Transporte de carga, mediante preenchimento de ficha de cadastro disponibilizada nos postos de parada obrigatória da Secretaria Municipal de Saúde, as quais deverão constar a situação aparente de saúde dos condutores e eventuais passageiros com a aferição da temperatura corporal de todos;
II – Veículos de transporte de passageiros ou mesmo carros de passeios deverão obrigatoriamente passar pelos postos de parada, não podendo permanecer na Cidade pessoas não residentes e domiciliadas a partir desta data (23/03/2020, salvo aquelas que reconhecidamente mantenham vínculos familiares na cidade, desde que não apresentem nenhum sintoma relacionado ao vírus;
III – Servidores ou funcionários residentes em outros municípios que trabalhem em empresas, comércio e instituições cujo funcionamento ainda está permitido, devendo o empregador, a partir desta data, proceder ao amplo acompanhamento destes, atendendo aos objetivos desta norma;
IV – Pessoas que tenham por objetivo vender produtos e sortimentos para aquelas atividades que ainda estejam em funcionamento devendo neste caso referidas pessoas serem monitoradas;
Fica ainda proibida a aglomeração de três ou mais pessoas, salvo as filas para entrada nos estabelecimentos com permissão para funcionamento, devendo ser rigorosamente cumprida a distância mínima de 01 (um) metro.
Entrada de Camacho (Foto WhatsApp)
Registro de casos suspeitos
O prefeito de Camacho disse que a cidade não registra casos suspeitos até o momento e esse é o objetivo, não vamos esperar que algum caso seja diagnosticado para seguir as recomendações do Poder Público. Portanto, siga as orientações de isolamento e higienização para ajudar a mantermos a paz e a saúde de todos.
Se você teve contato com alguém que veio de cidades com caso confirmado deve procurar manter-se em isolamento pois o vírus demora alguns dias para manifestar os sintomas, disse Bruno.
Em um novo Decreto Municipal (536/2020), que foi publicado neste último sábado (21) visando contingenciar a disseminação do Coronavírus na cidade.
Até que o Decreto Estadual de Calamidade Pública seja aprovado pela Assembleia Legislativa e passe a ter validade algumas medidas foram tomadas pelo município de Camacho para tentar conter a presença de pessoas nas ruas, de modo a facilitar possíveis contaminações e até futuras mortes.
O Poder Público precisa agir para proteger a saúde da coletividade e amenizar o número de pessoas infectadas nos próximos dias. Dessa forma, foram tomadas as seguintes medidas:
– Somente estabelecimentos que ofertem serviços essenciais permanecerão abertos. São eles: mercados, mercearias, padarias, lanchonetes, açougues, farmácias, posto de combustível, distribuidoras de gás e água mineral, oficinas e similares, lojas de alimentação para animais, agências bancárias, casas lotéricas e Correios.
– Salões de cabeleireiro devem fazer atendimentos individuais, sem aglomeração de pessoas.
– Estabelecimentos de condicionamento físico ficam fechados até 03 de abril, a princípio.
– Bares e locais que tenham venda e consumo de bebidas alcoólicas no local ficam proibidos de oferecer atendimento ao público até dia 03 de abril, a princípio.
– Os demais comércios podem funcionar apenas para entregas e deverão manter suas portas fechadas.
– Fica proibido o comércio de ambulantes e pedintes.
– Fica suspensa a celebração de cultos, missas e celebrações públicas.
– Velórios terão horário reduzido e não poderão ter aglomeração superior a 30 pessoas no mesmo espaço.
A região vem contabilizando dezenas de casos suspeitos. Neste momento o apoio da população é fundamental para amenizar todas as consequências da contaminação pelo vírus. Mesmo que não façamos parte de nenhum grupo de risco certamente temos pais, avós, parentes ou até mesmo um amigo que faz e que pode contrair o vírus por falta de precaução.
A Polícia Militar tem contribuído para manter a ordem e fazer cumprir as determinações contidas no Decreto Municipal.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com