Homem mata ex-mulher e culpa calcinha que deu de presente pelo feminicídio

Mulher foi morta esfaqueada em Lagoa Santa (Arquivo pessoal/Elizangela Marilda/ Edvania Cristina/Facebook/Reprodução)

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Mais um feminicídio foi registrado na região metropolitana de Belo Horizonte. Desta vez, uma mulher de 33 anos foi esfaqueada pelo ex-companheiro na manhã deste sábado (14), em Lagoa Santa. O autor foi preso, confessou o crime à Polícia Militar e culpou uma lingerie que deu de presente pelo assassinato.

 

A matéria continua após a publicidade

 
O crime ocorreu por volta das 11h no bairro Santos Dumont. O autor confesso disse aos militares que passou a madrugada na companhia da vítima e de uma terceira pessoa cuja identidade não foi não revelada por ele. O homem admitiu que fez uso de drogas durante a noite.
Contou, ainda, que presentou Elizangela Marilda de Souza com uma calcinha há cerca de um mês. E, quando já havia amanhecido, ele flagrou a mulher usando essa lingerie, com a terceira pessoa, na cama.
Descontrolado por causa do fato, ele abandonou a casa onde os três estavam, foi até a própria residência, no bairro Vila Maria, pegou uma faca e voltou para o local onde passou a madrugada. Lá, esperou cerca de 20 minutos – sempre conforme a versão dele apresentada à PM – até que Elizangela saísse e a esfaqueou duas vezes.
Quando as autoridades chegaram ao local, a mulher já estava morta.
Prisão
Logo após esfaquear a vítima, o homem fugiu. Os militares se deslocaram até a residência do autor, onde o irmão afirmou que ele tinha acabado de sair com uma mochila.
A PM agiu rapidamente e conseguiu encontrar o autor na região. Detido, ele confessou o crime. Na mochila, foram encontradas diversas roupas e a faca usada no crime.
Fonte BHAZ

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com