Atlético erra muito, é goleado pelo Unión e se complica na Copa Sul-Americana

Reprodução/DAZN

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma noite para se esquecer. O Atlético foi goleado por 3 a 0 pelo Unión, da Argentina, nesta quinta-feira (6), no estádio 15 de Abril, em Santa Fé e se complicou na Copa Sul-Americana.
Com várias falhas defensivas, um meio-campo sem nenhuma criatividade e um ataque inoperante, o Galo não foi páreo para o time argentino, que marcou com Walter Bou e Cabrera no primeiro tempo, e Carabajal, no início da segunda etapa, encaminhando a classificação para a segunda fase do torneio.

A matéria continua após a publicidade

 
Allan, aos 45 minutos do segundo tempo, ainda desperdiçou um pênalti, perdendo a chance de diminuir o prejuízo do Atlético. A noite de terror do camisa 29 não parou por aí: foi expulso três minutos depois após parar um ataque dos argentinos e receber um cartão amarelo.
Mais do que o placar, o péssimo desempenho e a falta do poder de reação da equipe comandada pelo técnico Dudamel chamaram atenção. O comandante alvinegro, por sua vez, não conseguiu alterar o panorama da partida com as alterações.
O jogo de volta será disputado no dia 20 de fevereiro, às 21h30, no Independência. Para avançar na competição, o Atlético terá que vencer por quatro gols de diferença. Um novo 3 a 0 leva a decisão para a disputa de pênaltis. Lembrando que na Sul-Americana o gol marcado fora de casa é critério de desempate.
Antes de voltar a pensar na competição internacional, o Galo enfrenta o URT, no domingo, às 18h, no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro.
O jogo
Logo aos 3 minutos, Walter Bou recebeu dentro da área e, como um pivô de futsal, girou em cima de Gabriel e bateu no canto esquerdo de Michael.
Mesmo errando muitos passes e mal postado em campo, o Atlético chegou perto do gol aos 25 minutos. Di Santos recebeu dentro da área, mas preferiu finalizar sem ângulo, em vez de servir Hyoran, que aparecia sozinho, de frente para o gol.
Depois de ver Michael evitar por duas vezes o segundo gol do Unión, o Galo teve sua segunda chance aos 40 minutos, mas Jair parou em boa defesa de Moyado.
O segundo tento do Unión veio de nova falha da defesa atleticana. Walter Bou recebeu na intermediária e, sozinho, lançou para Cabrera que invadiu a área e finalizou com força, no canto alto esquerdo de Michael para ampliar.
Segundo tempo
Logo aos 6 minutos, veio o terceiro do Unión, novamente em falha da defesa do Atlético. Carabajal recebeu lançamento dentro da área, tomou a frente de Réver e bateu na saída de Michael para marcar mais um para o time argentino.
A desvantagem por 3 a 0 abalou o alvinegro de tal forma que o Unión passou a dominar amplamente a partida, inclusive, desperdiçando várias oportunidades de ampliar o placar.
Allan, aos 45 minutos do segundo tempo, poderia diminuir o vexame, no entanto, parou em Moyado, que defendeu uma cobrança de pênalti sofrido por Guilherme Arana, estreante da noite.
Ficha do jogo 
UNIÓN 3 X 0 ATLÉTICO
Motivo
: jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana

Local: 15 de Abril, em Santa Fé, na Argentina
Arbitragem: Jesús Valenzuela, auxiliado por Carlos López e Jorge Urrego, todos venezuelanos
Cartões amarelos: Javier Méndez, Blasi (Unión)
Cartão vermelho: Allan (Atlético)
Gols: Walter Bou, aos 3 minutos, e Cabrera, aos 43 minutos, do primeiro tempo e Carabajal, aos 6 minutos, do segundo tempo para o Unión
UNIÓN
Moyano; Blasi, Calderón, Bottinelli e Corvalán; Javier Méndez, Elías, Cabrera (Bonifacio) e Carabajal (Milo); Franco Troyansky e Walter Bou (Mazzola)
Técnico: Leonardo Madelón
ATLÉTICO
Michael; Mailton, Réver, Gabriel e Fábio Santos (Arana); Zé Welison, Jair (Edinho) e Allan; Marquinhos, Hyoran (Dylan Borrero) e Di Santo
Técnico: Rafael Dudamel
Fonte Hoje em Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com