Medley anuncia recolhimento de Ranitidina usada para úlcera gástrica

Anvisa classificou a presença da impureza na medicação como 'inaceitável'

0 85

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Medley, empresa de medicamentos genéricos que faz parte do grupo Sanofi, anunciou nesta segunda (20) o recolhimento do remédio Ranitidina (150 mg e 300 mg), que inibe a produção de ácido pelo estômago e é normalmente utilizado no tratamento de úlcera gástrica.

 

 
A matéria continua após a publicidade

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomendou maior controle de drogas que levem nitrosaminas em sua composição. Essas substâncias são usadas na fabricação de remédios e podem causar câncer em caso de exposição prolongada.
A Medley diz que a decisão foi tomada após possível contaminação por N-nitrosodimetilamina – composto membro da classe das nitrosaminas – de cerca de 50 lotes do medicamento.
Apesar de a Anvisa não ter determinado um recall das farmacêuticas, a agência publicou um comunicado em que recomenda que empresas reavaliem os seus métodos de processamento de nitrosaminas.
“A decisão é de precaução, o mesmo que ocorreu em 2019, quando ações foram adotadas após a detecção de nitrosaminas nos princípios ativos conhecidos como ‘sartanas’, como a losartana e a valsartana, ingredientes utilizados na fabricação de medicamentos para o tratamento de hipertensão arterial (pressão alta)”, diz o comunicado.
De acordo com o Procon de São Paulo, aqueles que compraram algum dos lotes de Ranitidina têm o direito de ter seu medicamento trocado por outro que não tenha sido contaminado ou receber o seu dinheiro de volta.
Além disso, o órgão recomenda àqueles que compraram o remédio que não façam uso, conservem as embalagens e entrem em contato com a empresa pelo telefone: 0800 729 8000.
Fonte O Tempo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com