MPMG denuncia prefeito de Alpercata por uso indevido de máquina da prefeitura em benefício próprio

Prefeito de Alpercata, Valmir Faria (PSD) — Foto: Divulgação/Prefeitura de Alpercata

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Ministério Público de minas Gerais (MPMG), por meio da Procuradoria de Justiça de Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, denunciou ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais o prefeito do município de Alpercata, Valmir Faria (PSD (MG), no Vale do Rio Doce, por uso indevido de uma motoniveladora da prefeitura em um terreno de sua propriedade.

 

A matéria continua após a publicidade

Segundo a denúncia, o fato ocorreu em março de 2015. A patrol motoniveladora foi usada para serviços de terraplanagem em imóvel de sua propriedade, denominado “Chalé do Valmir”, localizado às margens da BR 116, altura do km 430, situado no município de Engenheiro Caldas.
Vereadores do município., após diversas denúncias sobre o uso indevido de maquinário da prefeitura no imóvel rural, tiveram acesso a fotografias comprovando o fato. Indagado sobre o ocorrido, o denunciado o negou de forma veemente, apenas reconhecendo possuir uma pequena propriedade de terra em Engenheiro Caldas. No entanto, uma perícia confirmou a veracidade das fotos apresentadas.
A motoniveladora foi recebida por parte do Governo Federal em abril de 2014, juntamente com um caminhão caçamba. A investigação demonstra o recebimento dos bens pelo denunciado, valendo acrescer que a patrol motoniveladora é a única existente na prefeitura.
“Portanto, não se sustenta a alegação feita pelo denunciado de que a máquina foi recebida pelo ente público somente no ano de 2015. E mesmo se existisse imprecisão quanto à data do fato, o certo é que o uso indevido ocorreu”, afirma o procurador de Justiça Cristovam Joaquim Filho, na ação.
Caso condenado, o prefeito poderá pegar de dois a 12 anos de reclusão.
Fonte MPMG
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com