Assassino diz que matou Emanuelle por vingança da mãe; assista

Corpo da menina foi encontrado em uma área de mata na Fazenda Santana Nova. Aguinaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, já teria matado o próprio irmão no passado.

0 238

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O corpo de Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi encontrado por volta das 23h, desta segunda-feira (13), em uma área de mata na Fazenda Santana Nova, às margens de um córrego, na área rural de Chavantes.

 

A matéria continua após a publicidade

O assassino confesso, Aguinaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, que mora na mesma rua da família de Emanuelle, contou a polícia que a motivação do crime foi vingança da mãe da garotinha, Fabiana Aparecida Pestana, 36 anos, que, segundo ele, não deixava Emanuelle brincar com o seu enteado.
Aguinaldo matou Emanuelle a facadas, na tarde de sexta-feira (10), dia em que a família denunciou o desaparecimento da garota. O homem só confessou o crime, na noite desta segunda-feira, 13, após aparecer em imagens do circuito de monitoramento ao redor da praça onde Emanuelle brincava quando desapareceu e verificou-se que o suspeito aparecia duas vezes no vídeo.
Emanuelle foi encontrada morta na noite de segunda-feira (13) na zona rural de Chavantes — Foto: Reprodução/TV TEM
O que chamou a atenção da polícia é que, no mesmo dia, ele aparece cada vez com uma roupa diferente. Em um primeiro momento, de camiseta branca e a pé e em um segundo momento, de camiseta vermelha e de bicicleta.
Após ser identificado, Agnaldo Guilherme Assunção foi interrogado nesta segunda-feira e havia negado saber de qualquer informação sobre o desaparecimento da criança. Contudo, acabou confessando à polícia o crime.
Então ele contou que pegou Emanuelle e pediu para ela ir com ele colher manga nas proximidades da fazenda. Chegando lá, ele teria desferido duas facadas nas costas e uma no peito de Emanuelle, que se virou para ele, que deu a última facada fatal no peito da menina e depois a enterrou.
“Após o crime, ele disse que colheu alguns limões para levar para casa”, contou a delegada de defesa da mulher, Drª Ana Rute de Castro Bertolaso, que colheu o depoimento do assassino na madrugada desta terça-feira, 14. 
Agnaldo é vizinho de Emanuelle e confessou que matou a menina a facadas em Chavantes — Foto: Reprodução/TV TEM
Após a confissão, as equipes foram até o local e encontraram a menina morta ao lado de um córrego, por volta das 23h.
O corpo de Emanuelle foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). Exame de corpo de delito deve apontar a causa da morte e se houve abuso sexual. Aguinaldo nega ter abusado sexualmente da menina.
Aguinaldo tem passagens pela polícia e já foi condenado por matar o próprio irmão. Ele chegou “ajudar” as equipes de buscas, tentando disfarçar. 
Aguinaldo passa nesta terça-feira (14), por audiência de custódia e ficará à disposição da justiça. 
O Passando a Régua, que foi o primeiro órgão de imprensa a noticiar o fato vai continuar acompanhando os desdobramentos e deixa os nossos sentimentos aos familiares e entes queridos.


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com