Após movimento de agentes, prefeito Alexandre Kalil afasta Guarda Municipal das ruas de BH

0 121

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Guarda Municipal de Belo Horizonte vai sair das ruas. A determinação é do prefeito Alexandre Kalil e foi anunciada em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (12).
O aquartelamento vem após o movimento da categoria nessa quarta (11), quando alguns servidores foram armados para a porta da prefeitura.

 

A matéria continua após a publicidade

Kalil ainda informou que pediu o apoio da Polícia Militar para ocupar as áreas que são responsabilidade da Guarda Municipal. A PM atendeu ao pedido. 

 

Campanha salarial

 

Os servidores recebem R$ 1,8 mil e uma compensação de R$ 1 mil, o que faz o salário chegar a R$ 2,8 mil. Eles querem que a compensação seja incorporada ao vencimento. Além disso, pedem recomposição salarial de 20% e melhorias nas condições de trabalho.
A proposta de melhorias no salário apresentada pela prefeitura foi recusada pela categoria, que marcou um novo encontro para terça-feira (17), às 9h, no mesmo local, e espera realizar antes uma reunião com a administração municipal.
Segundo os guardas, a proposta foi considerada insatisfatória pela categoria por não contemplar a incorporação do adicional de risco ao salário-base, nem a incorporação do GDI.
Fonte Rádio Itatiaia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com