Criança dispara espingarda acidentalmente e mãe morre na zona rural de São Gotardo (MG)

Divulgação/Polícia Militar

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Criança dispara arma de fogo acidentalmente e mãe morre na zona rural de São Gotardo (MG).
Na manhã deste sábado (19), por volta de 08:30, uma guarnição da Polícia Militar de São Gotardo deslocou até o Pronto Socorro após receber informações sobre a entrada de uma paciente vítima de disparo de arma de fogo.
Ao chegar no Pronto Socorro foi feito contato com o caseiro G. P. S, de 40 anos de idade que é irmão da vítima J. P. S. de 33 anos. Em conversa com os militares ele informou que nessa sexta-feira (18), enquanto estava em uma fazenda localizada a cerca de 6 km de São Gotardo, ouviu um barulho estranho e então foi até a casa sede da fazenda, pegou uma arma de fogo e municiou com o intuito de defesa, deixando-a debaixo da cama.
Já nesse sábado (19), foi até o barracão para realizar seu ofício de vaqueiro quando ouviu um estampido de arma de fogo e logo após, gritos desesperados de dentro da casa. Chegando dentro da residência deparou com a irmã caída ao solo desacordada e com um ferimento no rosto, próximo a boca, sendo que de imediato a colocou dentro do carro e seguiu para o Pronto Socorro de São Gotardo. O irmão G. P. S. contou ainda que cometeu um erro deixando a arma em local de fácil acesso e disse que ela pertence ao proprietário da fazenda o senhor C. J. M. L., de 44 anos, o qual confirmou ser dono da espingarda, contando ainda que a adquiriu juntamente com a fazenda.
Em seguida, a guarnição dirigiu-se até a fazenda para obter mais informações e apreender a arma de fogo. No local, a esposa do caseiro a senhora S. G. D. de 38 anos, bastante abalada mostrou o quarto em que se encontrava a espingarda, calibre 20 e as munições, e disse que a vítima J. P. S., e os dois filhos, uma criança de 08 anos e um adolescente de 13 anos, estavam em sua casa passeando, quando na manhã desse sábado em dado momento a criança de 8 anos pegou a espingarda no quarto do casal, foi para o outro quarto do lado e apontou a arma em direção da mãe, dizendo em tom de brincadeira “olha aqui mãe” e em seguida disparou, sendo que o tiro atingiu a face de J. P. S.
Diante dos fatos, G. P. S., foi preso pelo crime de omissão de cautela e C. J. M. L., pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e munições, sendo encaminhados para a delegacia de plantão situada na cidade de Patos de Minas, juntamente com a arma de fogo sem registro e as munições. O menor de 08 anos estava muito desesperado e abalado sendo deixado em responsabilidade da família. Segundo a PM, até o registro da ocorrência a equipe médica estava tentando estabilizar o estado clínico da vítima para encaminhá-la para cidade de Patos de Minas, contudo foi obtida a informação de que a vítima não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com