Médico passa mal e morre ao se deparar com vítimas de acidente

Divulgação/Teixeira Correia/global Imagens

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um médico de cerca de 50 anos morreu nessa sexta-feira (20) na cidade portuguesa de Beja depois de sofrer uma parada cardíaca no hospital em que trabalhava. Ele teria passado mal ao se deparar com as vítimas de um acidente que foram levadas para a unidade. Ao todo, nove pessoas ficaram feridas em uma batida envolvendo dois carros – uma delas em estado grave.

 

A matéria continua após a publicidade

De acordo com o Jornal de Notícias, o homem trabalhava como clínico e não aguentou a pressão da chegada das vítimas do acidente. Ele chegou a ser socorrido e foi levado para o Hospital do Espírito Santo, na mesma cidade, por uma equipe de bombeiros. No entanto, não resistiu e faleceu.
O profissional trabalhava na unidade em regime de prestação de serviços e era responsável por receber pacientes logo na entrada do hospital. Já o Confina Media explica que o médico tinha nacionalidade espanhola e que os envolvidos no acidente são africanos, um grupo de trabalhadores da área da agricultura.

 

O acidente

 

Pelo menos nove pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois carros. Os veículos bateram de frente e rodaram na estrada IP2. Ainda não se sabe ao certo o que provocou a colisão, mas havia um nevoeiro na região no momento em que tudo ocorreu, pouco depois das 6h dessa sexta-feira.
Foto Teixeira Correia/global Imagens
O ferido grave era o motorista de um dos veículos. Ele ficou preso às ferragens e precisou ser desencarcerado. O rapaz foi levado para um hospital e segue internado. O estado de saúde dele é considerado grave.
As demais vítimas tiveram ferimentos leves, receberam atendimento e foram liberadas.
Foto Teixeira Correia/global Imagens
Foto Teixeira Correia/global Imagens
Foto Teixeira Correia/global Imagens
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com