Polícia Civil de Araguari (MG) realiza operação e prende acusados de diversos crimes

Divulgação/PCMG

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Polícia Civil de Araguari prendeu nesta (terça-feira (3), acusados de diversos crimes que estavam sendo investigados pelas suas delegacias especializadas. As prisões ocorreram durante uma Operação denominada Esparta, realizada em Araguari e em Uberlândia, que envolveu cerca de 50 policiais civis da localidade, o apoio da Rocca e ainda investigadores da Polícia Civil uberlandense.

 
A matéria continua após a publicidade

Segundo o delegado regional de Polícia Civil, Wilton José Fernandes, a ação teve como objetivo o combate a diversos crimes, dentre eles o tráfico de drogas, associação para o tráfico, crime de usura (agiotagem), lavagem de dinheiro e posse irregular de arma de fogo e munições. “As investigações se iniciaram em tráfico de drogas, mas ao longo dela surgiram outros crimes”, disse o delegado.
A operação, que teve a coordenação do delegado Gilmar Pereira de Sousa, teve o cumprimento de11 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão preventiva; também foram lavrados três autos de prisão em flagrante por tráfico de drogas e posse de arma e munições. “As investigações vão continuar”, declarou o coordenador. “Outros suspeitos também estão sendo levantados”.
Durante a ação, os policiais desmontaram um suposto laboratório para refino de drogas, apreenderam quatro armas de fogo e munições de diversos calibres, uma delas de fuzil e prenderam, em Uberlândia, duas pessoas, numa atividade que contou com o apoio da Polícia Civil de Uberlândia. Todo o material foi levado para Araguari. O chefe do 9º DPC, delegado Marcos Brandão, acompanhou toda a operação.
Divulgação/PCMG

 

Divulgação/PCMG
Divulgação/PCMG

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com