Escritora e atriz Fernanda Young morre aos 49 anos

Amigo de Fernanda afirma que artista teve uma crise de asma seguida de uma parada cardíaca; sepultamento será às 16h15 em cemitério da Zona Sul de São Paulo

O sepultamento da atriz e roteirista será às 16h deste domingo, 25; causas da morte ainda não foram divulgadas Foto: Denise Andrade/ESTADÃO

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A escritora, atriz e roteirista Fernanda Young morreu na madrugada deste domingo, 25, aos 49 anos. O estilista Rodrigo Rosner, um amigo próximo, afirmou que Fernanda teve uma crise de asma, seguida por uma parada cardíaca. De acordo com ele, não houve demora no atendimento. O velório da artista será às 13h na sala A do Cemitério de Congonhas, zona Sul de São Paulo. O sepultamento está marcado para as 16h15, no mesmo local.

 

A matéria continua após a publicidade

Fernanda estava na companhia de uma amiga no sítio da família em Gonçalves (MG) quando passou mal. “Ela teve uma crise de asma seguida de uma parada cardíaca e faleceu”, explicou. Rosner lamentou a morte. “Ela era incrível, isso é o mais importante.”
Fernanda foi roteirista de séries como Os Normais, Minha Nada Mole Vida e Como Aproveitar o Fim do Fundo. Em entrevista ao Estado, a artista falou sobre a série Shippados, que estreou na TV Globo em 18 de junho. O roteiro foi escrito por ela em parceria com Alexandre Machado. “Queremos mostrar o que se passa nesses novos tempos e não simplesmente fazer piadas sobre relacionamento”, afirmou à época das gravações.
“Quando a paixão surge, agora? Quando dá um match? Não sei. O fato é que essa é uma mudança irreversível, então os seres humanos vão se adaptar a ela, como já se adaptaram a diversas outras. Algo se perde? Provavelmente. Algo se ganha? Talvez, ainda é cedo para dizer. Pode ser que os relacionamentos pós-redes sejam mais sinceros, pois não há mais como se ter segredos, acabou a privacidade. No fim das contas, o amor prevalece e sobrevive, apesar todas as mudanças que o mundo sofreu. As pessoas querem o amor, não importa de qual maneira ele venha”, disse Fernanda ao Estado em fevereiro.
Young entraria em cartaz no próximo dia 12 com a peça Ainda Nada de Novo, contracenando com Fernanda Nobre no Centro Cultural São Paulo. O enredo conta a história de um casal lésbico prestes a filmar um filme — as personagens são uma diretora e sua atriz principal.

Repercussão da morte de Fernanda Young

No perfil oficial da artista no Instagram, fãs lamentaram a morte. “Obrigada por vc ter existido em nossas vidas, com seu enriquecedor trabalho!”, afirmou um deles. “Estou sem acreditar!!!!! Tenha Luz, como sempre”, escreveu outro.

 

Ver essa foto no Instagram

 

“Onde queres descanso, sou desejo”

Uma publicação compartilhada por Fernanda Young (@fernandayoung) em

Outros artistas também usaram as redes sociais para prestar homenagens. “Uma pessoa bacana a menos no Brasil”, escreveu Helio de la Peña. “Morte tão precoce da hiper talentosa Fernanda Young”, lamentou Marcos Mion.
Confira algumas das manifestações:

 

Ver essa foto no Instagram

 

E mais uma grande perda, Fernanda Young, nos deixa com 49 anos. Ela se encontrou com Nathalia no início do ano após a peça @atravesdairisapeca Deixamos aqui a felicidade e emoção desse encontro em sua próprias palavras. #Repost @fernandayoung (@get_repost) ・・・ Nathalia Timberg, atriz brasileira, 89 anos. Hoje foi o último dia da temporada da peça “Através da Iris” em São Paulo. Uma peça curta. Na verdade, uma performance. Que seguirá pelo Brasil. Conheci Nathalia Timberg quando fiz “ O Dono do Mundo”. Novela de Gilberto Braga. Na época as novelas eram gravadas no Jardim Botânico. Tinha um camarim para os atores e outro para as atrizes. Eu fazia “elenco de apoio”. Minha “personagem” trabalhava como empregada doméstica. Nunca falei mais do que 15 frases. E curtas. Mas trocávamos de roupa no mesmo lugar. Nessa novela eu “contracenei” com Nathalia T, Fernanda Montenegro e Odete Lara. Foi muito interessante porque elas me tratavam como uma colega de trabalho. Eu não tinha muitas cenas, apesar de ser a “funcionária” dos personagens de Antônio Fagundes, Glória Pires e Malu Mader. Tive a oportunidade de pedir autógrafo para Fernanda Montenegro. Eu havia decido que não iria importuna-las com isso antes de terminar a novela. E só “esbarrei” com Fernanda Montenegro. Ela me disse: “não posso dar um autógrafo para uma colega de profissão”. Insisti. Fernanda M assinou, eu ainda tenho guardado. Nathalia Timberg eu reencontrei hoje. Óbvio que ela jamais se lembraria de mim. Odete Lara ❤️, não tive a chance de revê-la. Mas se há algo que posso dizer é: as vi encenando uma novela de Gilberto Braga. 👇🏻👇🏻👇🏻👇🏻👇🏻👇🏻👇🏻👇🏻 A Nathalia Timberg disse no camarim, após a peça, algo que não gravei porque estava tímida, e só ousei pegar a parte do meu último post: “é necessário que as pessoas entendam que a cultura vem antes da educação”. ❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️ Então eu peço! Não porque me alço a imensa dimensão dessa dama: 🙏🏻 Não agridam um artista. Não pensem que a cultura é feita por oportunismo. Aprendi com a arte e não com privilégios. Educação eu recebi em casa, quando me ensinaram que a higiene e a honestidade não são negociáveis. . #nathaliatimberg #fernandayoung

Uma publicação compartilhada por Nathalia Timberg FC (@nathalia_timberg) em

Fonte Estadão
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com