Forças de Segurança de Minas Gerais vão a Brasília

Divulgação/PCMG

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, General Mario Lúcio Alves de Araújo; o Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Delegado-Geral Wagner Pinto; o Comandante-Geral da Polícia Militar, Coronel Giovanne Gomes da Silva; o Comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Coronel Edgar Estevo da Silva, estiveram em Brasília, nesta quarta-feira (21), e se reuniram com deputados federais da bancada mineira e senadores, que defendem a bandeira da Segurança Pública.

 
A matéria continua após a publicidade

O objetivo foi apresentar projetos para a captação de emendas parlamentares. Na oportunidade, o Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais ressaltou a urgência em se melhorar a estrutura da Polícia Civil. A Polícia Civil apresentou relatórios que demonstram a premente necessidade de reestruturação e aparelhamento da instituição em prol da modernização da investigação policial, com foco na redução da criminalidade violenta, destacou.
Durante os trabalhos, Wagner Pinto também se reuniu, individualmente, com alguns deputados e senadores demonstrando, também, a necessidade de emendas parlamentares individuais com o mesmo objetivo: captação de recursos.
A Reforma da Previdência
Os representantes das forças de segurança encontraram-se, também, com os senadores Rodrigo Pacheco e Carlos Viana. Além de emendas parlamentares, Wagner Pinto demonstrou preocupação em relação à Reforma da Previdência. Solicitamos aos senadores que analisem o texto com muito critério e intervenham de forma a garantir os direitos dos servidores da Polícia Civil, que atuam dia e noite, combatendo a criminalidade violenta e que, por isso, merecem um regime previdenciário adequado com a função que desempenham, concluiu.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com