Servidores da segurança pública de MG mantém manifestação para esta quinta-feira

A decisão veio após reunião das entidades de classe com representantes do Governo, nesta segunda-feira

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Reunião de negociação ocorreu nesta segunda-feira (19), na Cidade Administrativa, entre entidades de classe da Segurança Pública de Minas Gerais, Parlamentares e representantes do Executivo Estadual. O motivo do encontro é  pauta de reivindicação dos profissionais da Categoria S.

A matéria continua após a publicidade

Representando o Governo Estadual, estiveram presentes os secretários de Estado de Planejamento e Gestão e de Governo, Otto Levy e Custódio Mattos e, ainda, os Comandantes-gerais da PMMG, CBMMG e Chefe da Polícia Civil, Cel Giovanne Gomes da Silva, Cel Edgard Estevo da Silva e Wagner Pinto.
De Acordo com representantes dos policiais e agentes penitenciários, houve cobranças de respostas sobre a recomposição das perdas inflacionárias, a retomada do pagamento no 5º dia útil, o pagamento integral do 13º em dezembro de 2019 e o pagamento das férias prêmio e ajuda de custo.
Resposta do Estado
Segundo fontes da Categoria, que estiveram presentes  da reunião, O Governo do Estado se comprometeu, independentemente de qualquer condição, a cumprir o seguinte cronograma: salários de novembro pago integralmente no 10º dia útil de dezembro de 2019; salários de janeiro, fevereiro e março de 2020 serão pagos no 7º dia útil de cada mês; a partir de abril, o retorno dos pagamentos ao 5º dia útil; 13º de 2019 pago em três parcelas iguais no dia 21 de dezembro, janeiro e fevereiro. O Governo teria informado ainda que está fazendo uma operação financeira e que, sendo concretizada, vai permitir pagar no 5º dia útil de dezembro o salário integral de novembro e pagar 13º de 2019 integral, no dia 21 de dezembro. Com relação às perdas inflacionárias, o Governo comprometeu-se a continuar a discussão e marcou nova agenda para o dia 16 de setembro, às 14 horas.
Manifestação 
Apesar das propostas do Governo, os deputados e entidades de classe, em nota, reafirmam a manifestação da categoria em ato público, já marcada dia 22 de agosto, às 14h, na Cidade Administrativa.
Fonte Portal das Gerais
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com