Polícia Civil realiza apreensão de engradados de cervejas adulteradas em BH

Divulgação/PCMG

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Com o intuito de combater a falsificação e adulteração de bebidas, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou na manhã desta quinta-feira (11) a apreensão de 50 engradados de garrafas de cervejas. Deste total, 24 garrafas contendo cervejas com rótulos trocados e os outros 26 com garrafas sem rótulos, em processo de alteração de rótulos. A operação foi realizada pela equipe da 1ª Delegacia Especializada de Investigação de Crimes Contra a Ordem Tributária, no bairro Nazaré, em Belo Horizonte.

A matéria continua após a publicidade

Além dos engradados de garrafas de cervejas, foram apreendidos documentos de nota fiscal, milhares de rótulos e tampas de garrafa para o uso no processo de adulteração, duas máquinas (prensas) para tampar as garrafas e um aparelho celular. O principal suspeito pelo crime já foi identificado e deve prestar esclarecimentos nos próximos dias na Delegacia. Ele poderá responder pelos crimes contra as relações de consumo, art. 7º, IV, a, da lei 8.137/90.
O delegado do Departamento Estadual de Investigação de Fraudes (DEF) e responsável pelos trabalhos, Sérgio Paranhos Fleury Belizario, destacou os resultados da operação.”Nossa equipe realizou um grande trabalho nesta manhã. Esta apreensão reprime os crimes contra as relações de consumo e risco para a saúde pública, uma vez que o local onde ocorria o processo de trocas de rótulos não tinha nenhuma condição de higiene. As investigações irão prosseguir para apurar a responsabilidade dos envolvidos nesta fraude, os quais responderão nos termos da lei”, disse.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com