Polícia Civil de Minas Gerais adota medidas que vão economizar mais de R$ 8 mi por ano

Redução de despesas é meta para ajudar no equilíbrio das contas públicas

Foto Divulgação: Wellington Vieira/DN

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Tendo em vista a situação precária dos cofres públicos, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) vem adotando medidas com objetivo de reduzir despesas, utilizando as tecnologias disponíveis atualmente, e manter o equilíbrio das contas.

 

A matéria continua após a publicidade

Alguns serviços passam a ser oferecidos via MGApp e outros pelo envio de cartas simples. A estimativa da PCMG é que seja possível uma economia de aproximadamente R$ 8,4 milhões por ano, apenas com correspondências.
O envio de notificações de autuações e de multas, por exemplo, que era feito por correspondência registrada com Aviso de Recebimento (AR) encaminhada ao endereço do cidadão, passa a ser feito por carta simples.  A medida representa uma redução de cerca de 70% no custo do serviço de expedição.
Já o aviso sobre o vencimento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) deixa de ser enviado por correspondência impressa aos cidadãos pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), e passa a estar disponível no aplicativo do governo mineiro, o MGApp. Ressalta-se que é responsabilidade de todos os motoristas estarem atentos às datas de vencimento do documento.
Nos próximos meses, mais dois serviços devem migrar do papel para o meio eletrônico: a notificação de débitos de veículos e a cassação da permissão para dirigir.
Fonte Agência Minas
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com