Globo afasta Mauro Naves ao vivo no Jornal Nacional por envolvimento no caso Neymar

“Há evidências de que as atitudes dele (Naves) neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas”, disse nota lida por William Bonner

Foto: Reprodução/TV Globo

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Mauro Naves, um dos repórteres esportivos mais antigos e conceituados da Rede Globo, foi afastado da emissora, nesta quarta-feira (5), por envolvimento no caso Neymar, acusado de estupro.
William Bonner, âncora do Jornal Nacional, comunicou o afastamento ao vivo, na edição desta quarta do telejornal: “Mauro Naves é um profissional excelente, com grandes contribuições ao Jornalismo Esportivo da Globo. Mas há evidências de que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos”.

A matéria continua após a publicidade

Tudo começou quando o Jornal Nacional veiculou na terça a carta aberta à imprensa divulgada pelos ex-advogados da mulher que acusa Neymar de estupro. Eles afirmam na carta que a reunião que tiveram com os advogados do jogador foi feita a convite do pai do jogador.
Desmentido
Nesta quarta (5), por meio de nota, o pai de Neymar desmentiu a afirmação. Disse que foi o advogado José Edgar Cunha Bueno que o procurou, solicitando a reunião. E que Bueno conseguiu o contato dele por intermédio do repórter Mauro Naves, na quarta-feira da semana passada (29).
O jornalista confirmou as afirmações do pai de Neymar. No entanto, somente nesta quarta (5) avisou à Globo sua participação no caso.
Em sua defesa, Naves disse que se limitou a repassar os contatos do pai de Neymar ao advogado.

Veja abaixo a íntegra da nota lida pelo apresentador do Jornal Nacional:
O Jornal Nacional publicou ontem a carta aberta à imprensa divulgada pelos ex-advogados da mulher que acusa Neymar de estupro. Eles afirmam na carta que a reunião que tiveram com os advogados de Neymar foi feita a convite do pai do jogador. Hoje, em nota, o pai de Neymar desmentiu essa afirmação, disse que foi o advogado José Edgard Cunha Bueno que o procurou solicitando a reunião e que José Edgar obteve o contato dele por intermédio do repórter Mauro Naves, na quarta-feira da semana passada.
O repórter confirma as afirmações da nota do pai de Neymar, mas somente hoje relatou à Globo sua participação no episódio. Em sua defesa, Mauro Naves explicou que se limitou a repassar os contatos do pai de Neymar para o advogado, a quem já conhecia, porque esperava obter a história com exclusividade. E que quando o assunto se tornou público, avaliou que sua participação não teria relevância.
Mauro Naves é um profissional excelente, com grandes contribuições ao jornalismo esportivo da Globo, mas há evidências de que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos.
Fonte Revista Forum
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com