“SESC TV” O direito de construir e transformar o espaço público urbano, à imagem e semelhança dos cidadãos, é tema do último episódio da série A Cidade no Brasil

“O Direito à Cidade” vai ao ar no dia 5 de junho, às 21h, no SescTV, com direção da cineasta Isa Grinspum Ferraz

A Cidade no Brasil - Ep10_Direito à Cidade_foto Gabriel Barrella

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Antropólogos, arquitetos e urbanistas discutem o direito à cidade e as diferentes manifestações e apropriações dos espaços públicos, em O Direito à Cidade, décimo e último episódio da série a Cidade no Brasil. O programa aborda, ainda, o processo de reinvenção da cidade como um exercício de poder coletivo, que influencia os processos de urbanização. Com direção da cineasta Isa Grinspum Ferraz, a atração será exibida no dia 5 de junho, quarta, às 21h, no SescTV (Assista também em sesctv.org.br/aovivo).

 

A matéria continua após a publicidade

Inspirada no livro de mesmo nome, do antropólogo, poeta e ensaísta Antonio Risério, publicado em 2012, A Cidade no Brasil traz reflexões de pensadores contemporâneos sobre aspectos do fenômeno urbano no país. As produções também criam um panorama histórico sobre as cidades brasileiras, desde a sua concepção até a atualidade. No total são 10 episódios, sendo oito de aproximadamente 26 minutos e dois episódios especiais (o primeiro e o último) de 40 minutos cada. Todos estão disponíveis gratuitamente sob demanda, em alta definição, com legendas em português, inglês e espanhol, no site do SescTV, em sesctv.org.br.
Risério inicia o episódio O Direito à Cidade, citando um pensamento do sociólogo Robert Parker: “A cidade, de um modo geral, é a melhor tentativa do homem de refazer o mundo em que vive, segundo os desejos de seu coração”. Risério explica que, para Parker, ao mesmo tempo em que a cidade é um espaço que o homem criou, ela é o mundo no qual ele está condenado a viver. E que, portanto, indiretamente, ao fazer a cidade o homem refez a si mesmo.

Durante o episódio, o arquiteto e urbanista Renato Cymbalista admite que seus primeiros anos de vida profissional eram muito mais direcionados à ideia de futuro. Mas, ele entende que os jovens, que caminham para uma atividade intelectual e profissional plena, pensam de maneira diferente. “Eles analisam como transformar uma via expressa em espaço de lazer, fazer um churrasco no Minhocão ou na Avenida Paulista”. O arquiteto explica que para as novas gerações, os lugares de lazer precisam funcionar bem como espaço público por um determinado momento, o que, segundo ele, traz desafios radicais para a arquitetura do urbanismo.
O poeta e produtor cultural Sérgio Vaz utiliza São Paulo como exemplo para falar de uma cidade que, segundo ele, é ao mesmo tempo triste, arrogante e necessária. Um lugar de segregação que sangra pela periferia, pelos cantos, córregos, becos e vielas. “É como se deixassem a gente andar fazendo concessão e não por apego à liberdade”, analisa Vaz.  Para o produtor cultural Bruno Ramos, a falta de mobilidade urbana, especialmente pela dimensão econômica e geográfica da cidade, também é um dos problemas mais relevantes. “O direito à cidade e ao território precisa ser recíproco na sociedade. Tanto o jovem da periferia deve se deslocar para o centro, como as pessoas que moram nos centros urbanos devem visitar as periferias”, elucida Ramos.
Os arquitetos e urbanistas Ana Paula Fediczko, Marta Bogéa, Adriana Marmo, Alexandre Delijaico, Guilherme Wisnik e José Renato Bugo, e o educador Eduardo Cardoso, também compartilham, no episódio, suas experiências cotidianas nas cidades.
Com trilha sonora assinada pelo DJ Dolores, a série A Cidade no Brasil é pontuada por imagens de arquivos garimpadas em cinematecas e centros culturais do Brasil, de Portugal e da França, e outras atuais filmadas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Ouro Preto, Mariana, Recife, Salvador e Belém.

Uma plataforma gratuita sob demanda
Além do acesso à programação ao vivo do canal, o site do SescTV oferece uma seleção de programas e séries brasileiras que podem ser assistidas na íntegra, gratuitamente, sem necessidade de cadastro. Basta acessar sesctv.org.br. São shows, documentários, debates e entrevistas, que tratam de temas como arquitetura, literatura, filosofia, teatro, política, sociedade, ética e cotidiano. Dentre os programas estão as séries Arquiteturas e Habitar Habitat, ambas dirigidas por Paulo Markun e Sergio Roizenblit; Estilhaços e HiperReal, dirigidas por Kiko Goifman; Filosofia Pop, dirigida por Esmir Filho e apresentada por Marcia Tiburi; Super Libris, de José Roberto Torero, e Galáxias – Olhares sobre o Brasil, de Isa Grinspum Ferraz.
Sobre o SescTV
O SescTV é um canal de difusão cultural do Sesc em São Paulo, distribuído gratuitamente às operadoras de TV por assinatura, que tem como missão ampliar a ação do Sesc para todo o Brasil. Sua grade de programação é permeada por espetáculos, documentários, filmes e entrevistas. As atrações apresentam shows gravados ao vivo com grandes artistas da música e da dança. Documentários sobre artes visuais, teatro e sociedade abordam nomes, fatos e ideias da cultura brasileira. Ciclos temáticos de filmes e programas de entrevistas sobre literatura, cinema e outras artes também estão presentes na programação.
SERVIÇO:

Série: A CIDADE NO BRASIL
Direção: Isa Grinspum Ferraz
Produtora: Texto e Imagem
Realização: SescTV
No SescTV
10º episódio: Direito à Cidade
Estreia: 5/6, quarta, às 21h
Reapresentações: 7/6, sexta, às 19h; 8/6, sábado, às 18h; 9/6, domingo, às 14h; 10/6, segunda, às 11h; e 11/6, terça, às 19h.
Classificação Indicativa: Livre
Online sob demanda
Os10 episódios estão disponíveis em sesctv.org.br, gratuito.
Idioma Original: Português
Legendas: Português, Inglês, Espanhol
Todos os episódios:
– A Cidade
– Cidade Ameríndia, Metrópole Neoindígena
– O Brasil Nasceu Urbano
– A Cidade Africana
– Cidade de Vidas Embaralhadas
– Sertão, Cidade e Segregação
– Cidade Natural ou Desperdício
– Cidade e Migração
– Vanguarda e Tradição
– Direito à Cidade
Para sintonizar o SescTV:
Canal 128, da Oi TV
Ou consulte sua operadora
Assista também online em sesctv.org.br/ao vivo
Siga o SescTV no twitter: http://twitter.com/sesctv
E no facebook: https: facebook.com/sesctv
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com