Uma pesquisa realizada pelo Instituto Panamá aponta que para 43,7% dos entrevistados a reforma da Previdência irá beneficiar pessoas com renda mais alta, caso seja aprovada pelo Congresso Nacional. 
O Instituto Paraná perguntou aos entrevistados: “a reforma da previdência em discussão no Congresso, caso aprovada, irá beneficiar quem tem renda mais alta, mais baixa ou será igual para todos?” 

 

A matéria continua após a publicidade

Segundo a pesquisa, a opinião de que a reforma da Previdência vai beneficiar as pessoas mais ricas é maior entre as mulheres. Entre elas, 45,9% concordaram com essa opção, enquanto a porcentagem entre homens foi de 41,3%.  
Para outros 32,4% dos entrevistados, a reforma beneficiará a todos, enquanto 12,5% disseram que haverá mais benefícios para as pessoas de renda mais baixa.
Confira os detalhes da pesquisa por sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica:

paraná pesquisas previdência

De acordo com o Instituto Paraná, foram entrevistados 2.066 habitantes de 168 municípios brasileiros de todas as unidades da Federação. O trabalho de levantamento de dados foi feito por meio de entrevistas telefônicas, com pessoas com idades superior a 16 anos, entre os dias 23 a 27 de maio. A amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2%.