Polícia Civil de Minas Gerais prende suspeito de matar jovem como prova de lealdade para o tráfico de drogas

Foto Reprodução/Vídeo

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu Lucas Soares de Oliveira, 21 anos, conhecido por “Lucas Taioba”, suspeito de participação na morte de Ítalo Yuri Fernandes da Silva, 18 anos. Lucas é o quarto investigado preso por envolvimento no homicídio.

 

A matéria continua após a publicidade

Ele foi localizado nesse último domingo (19), e detido em razão de mandado de prisão preventiva, durante a festa de aniversário de sua filha, em Santa Luzia, Região Metropolitana de Belo Horizonte.
A vítima foi morta em 24 de novembro de 2017, no bairro Palmital. Segundo as investigações, o envolvimento de Ítalo com o uso e tráfico de drogas gerou desentendimentos com alguns integrantes da facção criminosa a qual Lucas fazia parte e incomodou também os integrantes de outra gangue. Os dois grupos se uniram no intuito de ampliarem suas regiões de domínio e facilitar o extermínio de outras lideranças, sendo a morte de Ítalo considerada uma prova de lealdade entre as gangues.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com