Alckmin foi interrompido 17 vezes no interrogatório feito pelos apresentadores do JN

Apresentadores do Jornal Nacional, que foram tão incisivos em entrevistas com outros candidatos, "pegaram leve" com o tucano

Foto Reprodução/Vídeo

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Ao contrário de uma entrevista, os apresentadores do JN estão fazendo interrogatórios com os candidatos a presidência da república.

A matéria continua após a publicidade

As duas primeiras entrevistas do Jornal Nacional com presidenciáveis nesta semana foram marcadas pelos embates com os entrevistados e uma postura incisiva dos apresentadores que, em diversos momentos, falavam mais que os próprios candidatos. Não foi o que se observou, no entanto, na entrevista desta quarta-feira (29) com Geraldo Alckmin.

Fórum contabilizou o número de interrupções por parte dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos nas entrevistas. O tucano sofreu 17 interrupções, ao passo que Jair Bolsonaro sofreu 36 interrupções e, Ciro Gomes, 34. Ou seja, Alckmin foi interrompido 19 vezes a menos que o capitão da reserva e 17 vezes a menos que o pedetista.

Ao todo, Alckmin falou por 16 minutos e 17 segundos e Bolsonaro teve 16 minutos e 47 segundos de fala. O que falou menos foi Ciro Gomes (15 minutos e 20 segundos).

Veja entrevista completa

Fonte Revista Fórum
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com