Bandidos roubam clientes em restaurante, entre eles candidato a vice-governador do Rio

Marcelo Delaroli, deputado federal pelo Partido Republicano (PR) e candidato a vice-governador na chapa de Romário (Podemos), foi uma das cerca de 40 pessoas roubadas por criminosos com fuzis no Cervantes da Barra da Tijuca

Restaurante Cervantes, na Barra da Tijuca - Reprodução Google Maps

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Bandidos armados com fuzis assaltaram clientes que estavam no restaurante Cervantes, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, na noite deste sábado. Entre as cerca de 40 pessoas rendidas pelos criminosos estava Marcelo Delaroli, deputado federal pelo Partido Republicano (PR) e candidato a vice-governador na chapa de Romário (Podemos).

A matéria continua após a publicidade

Segundo o comando do 31º BPM (Recreio), policiais foram chamados no local após o roubo, mas os assaltantes já haviam fugido e os clientes levados para a delegacia. Ninguém ficou ferido. O caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca).

Romário e Marcelo Delaroli participam neste domingo de caminhada em Manilha, São Gonçalo e Niterói. Através de sua página no Facebook, Delaroli desabafou em uma transmissão ao vivo sobre o ocorrido.

“Ontem eu sofri o que a maioria dos cariocas estão sofrendo, a violência no Rio de Janeiro. Fomos assaltados em um restaurante na Barra, homens armados com fuzis. Realmente é um momento triste do nosso estado, não podemos sair de casa. Crianças, famílias sofreram uma agressão tamanha. As pessoas estão tentando entrar em contato comigo, mas levaram pertences, telefones de todo mundo”, disse ele.

O vice-candidato a governador fez duras críticas ao estado e disse que a polícia não foi recuperar os pertences roubados porque os criminosos já estavam dentro de uma comunidade, que seria a Cidade de Deus. “É revoltante ver um estado omisso, um governo frouxo, que viram aonde estavam todos os pertences e a gente ouvir do policial que não pode fazer nada porque os bandidos já estavam em uma favela. Isso é muito triste, ver que o poder paralelo está ganhando essa guerra”, finalizou.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações estão em andamento e as vítimas estão sendo ouvidas na 16ª DP. Os funcionários do restaurante também foram chamados para prestar depoimento. Os agentes vão analisar as imagens de câmeras de segurança instaladas no local e na região onde ocorreu o fato para tentar identificar os autores do roubo.

Marcelo Delaroli fez vídeo em rede social falando sobre assalto em restaurante

Cervantes é patrimônio cultural carioca

O Cervantes faz parte de uma rede de bares e restaurantes, especializada em gastronomia e boemia, que funciona até de madrugada. A marca foi criada em 1955 e ostenta o título de “Patrimônio Cultural Carioca”, além de diversos prêmios, inclusive internacionais. Suas lojas, também em Copacabana, são famosas pelos sanduíches, pratos fartos e chopes bem tirados. Ninguém da direção do restaurante quis comentar o ocorrido agora pela manhã.

Fonte Agência o Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com