Filho de vereador que atropelou família em Guapimirim é atacado nas redes sociais: ‘Assassino’

Dheiverson Alves, de 24 anos, estava alcoolizado e fugia da polícia em alta velocidade quando ocorreu a fatalidade. Quatro pessoas morreram no incidente

Filho do vereador de Guapimirim Nelcir da Laje, Dheiverson Alves atropelou e matou quatro pessoas ao dirigir alcoolizado - Reprodução Facebook

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Rio – O filho do vereador de Guapimirim Nelcir da Laje (PDT) foi atacado nas redes sociais após atropelar e matar quatro pessoas, na mesma cidade, na Região Metropolitana do Rio, na noite de sábado. Dheiverson Alves, de 24 anos, dirigia alcoolizado no momento do acidente.

A matéria continua após a publicidade

“Tomara que morra na cadeia, seu assassino, playboyzinho mimado, seu filho da p***!”, escreveu um usuário em uma postagem do suspeito no Facebook. “Uma pessoa que mata pessoas ao volante nem pode ser chamado de humano. Como vivemos no Brasil o crime ficará impune”, reclamou outro na mesma publicação.

“Quatro pessoas perderam a vida por causa de um irresponsável. Meus pêsames à todas as famílias e que esse rapaz pague pelo que cometeu e que sirva de lição”, disse outra.

Dheiverson dirigia em alta velocidade quando aconteceu o acidente. Ele estava sendo perseguido por viaturas da polícia após fugir de uma abordagem policial, na altura da BR-116. O suspeito entrou no bairro de Citrolândia e desapareceu. Minutos depois, policiais militares receberam a informação de que o mesmo veículo havia atropelado quatro pessoas em um ponto de onibus na região.

Segundo a Polícia Civil, o motorista atropelou cinco pessoas da mesma família. Marla Oliveira de Azevedo Rocha, Ailton de Oliveira, Uliane de Azevedo Ramos e Marcelo Moreira de Souza morreram na hora. Sara Antonella de Azevedo Rocha sobreviveu e está internada.

Segundo os investigadores, o atropelador foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) do Rio e fez um exame de alcoolemia com resultado positivo para ingestão de bebida alcoólica. Preso em flagrante, Dheiverson foi levado para a 59ª DP (Duque de Caxias) e indiciado por homicídio doloso com dolo eventual. Neste domingo, o rapaz foi encaminhado para a Cadeia Pública Frederico Marques, em Benfica.

Fonte Agência o Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com