A Polícia Militar (PM) prendeu nesta terça-feira (26) um suspeito de estelionato em Belo Horizonte. O homem é acusado de aplicar golpes em pessoas, igrejas e comércios, passando-se por policial civil e federal aposentado. Até o momento foi identificada uma quantia de aproximadamente R$ 100 mil, possivelmente, oriundas dos crimes. O valor pode aumentar no decorrer das investigações.

A matéria continua após a publicidade

De acordo com a PM, o suspeito oferecia às vítimas carros apreendidos ou com pendências documentais por valores bem abaixo dos praticados no mercado. Além disso, o homem também prometia facilitação de obtenção de vistos para viagens ao exterior. O suspeito de estelionato solicitava adiantamento financeiro em conta bancária e depois sumia.

Ainda conforme a PM, nove vítimas do golpista foram localizadas, e sete se apresentaram para lavrar boletim de ocorrência.

A prisão do suspeito dos crimes ocorreu em uma operação de busca realizada pela equipe P2 (policiais disfarçados) do 22º Batalhão da Polícia Militar com o apoio do Comando de Policiamento da Capital.