Aplicativo que facilita a votação de outubro é ignorado pelos mineiros

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Ainda não se tornou popular em Minas Gerais o ‘e-título’, o título de eleitor digital, que já pode substituir o documento de papel nas cidades que tiveram cadastramento por biometria.

A matéria continua após a publicidade

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Clique aqui e Siga-nos no Instagram

Menos de 300 mil eleitores, dentre os 16 milhões, baixaram o aplicativo, ou seja, 1,7% do eleitorado.

Quem explica o seu funcionamento é Adriano Denardi, diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais:

“O e-título é uma nova ferramenta que a Justiça Eleitoral está oferecendo ao eleitor, que é muito útil, por meio da qual o eleitor vai poder se identificar sem necessidade de papel. Ele vai comparecer perante o mesário e vai poder usar esse instrumento como se tivesse o próprio título anterior. Se ele já tiver feito a biometria, já vai ter, neste instrumento, a foto, o que vai dispensar a apresentação de outros documentos de identidade com foto, que é uma exigência no ato do comparecimento”.

O aplicativo está disponível para as plataformas IOS e Android.

Fonte Radio Itatiaia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com