Caminhoneiros encerram paralisação nas rodovias do Centro-Oeste de MG

Movimento terminou na noite desta quarta-feira (30), entretanto, serviços essenciais continuam com restrição em algumas cidades.

Filas para abastecer foram formadas na manhá desta quinta-feira (31) em Itapecerica (Foto: Wellington Vieira/DN)

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Caminhoneiros encerraram, na noite desta quarta-feira (30), a paralisação que atingiu cerca de 20 rodovias no Centro-Oeste de Minas Gerais. Apesar do fim das manifestações, serviços essenciais continuam com restrição em várias cidades. Em Bom Despacho, Arcos, Pompéu, Itapecerica e Formiga, as aulas da rede municipal de ensino estão suspensas até a segunda-feira (04).

A matéria continua após a publicidade

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Clique aqui e Siga-nos no Instagram

A categoria iniciou as manifestações contra o aumento no preço do diesel no dia 21 de maio.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), as últimas rodovias liberadas pelos caminhoneiros em Divinópolis foram a MG-050, km 132 e km 119 e a BR-494, no km 28; em Itapecerica, o trecno km 58 da BR-494 e no km 68 da MG-260; em Formiga, na MG-050, km 203; e em Iguatama na BR-354, km 451.

Segundo a Polícia Militar (PM), o fornecimento de combustíveis já está sendo reestabelecido na região, entretanto, na manhã desta quinta-feira (31) foram registradas filas dobrando quarteirões nos postos de Divinópolis. Os produtos começaram a chegar em Divinópolis, Bom Despacho, Pompéu, Pará de Minas, Papagaios, Itaúna e São Gonçalo do Pará..

Conforme orientação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) feita aos proprietários de postos revendedores de combustíveis com a chegada de caminhões com combustível, o abastecimento deve ocorrer racionando o estoque, com venda máxima de 30 litros de combustível por veículo ou o equivalente a R$ 100.

MP recomendou postos de combustiveis restringirem abastecimento (Foto: Marcela Mesquita/G1)

MP recomendou postos de combustiveis restringirem abastecimento (Foto: Marcela Mesquita/G1)

O G1 listou a situação das cidades que tiveram eventos cancelados e serviços interrompidos no Centro-Oeste por causa da paralisação dos caminhoneiros. Confira abaixo.

Decreto de emergência

A Prefeitura de Itapecerica decretou situação de emergência nesta segunda-feira (28) devido ao desabastecimento de combustíveis na cidade.

Com a medida, além das aulas terem sido suspensas e o Festival Gastronômico Rural ter sido adiado, a administração municipal dispensou da exigência de licitação a aquisição de bens e serviços necessários durante o período.

Em Carmo do Cajuru, a Prefeitura também decretou situação de emergência nesta terça-feira. Com o documento, a cidade passa a contar com um comitê de gerenciamento da crise, composto por membros da Prefeitura, PM e Câmara Municipal, para garantir a manutenção de serviços essenciais, como transporte nas áreas de Saúde e Educação e coleta de lixo.

O decreto também determina que o posto de combustíveis licitado pelo Município forneça cerca de 6 mil litros de diesel à Prefeitura.

Outra cidade com situação de emergência decretada é Bom Despacho. De acordo com a administração, o documento determina que os veículos da Prefeitura tenham prioridade no abastecimento.

Piumhi também decretou estado de emergência na tarde desta terça-feira. Segundo a Prefeitura, a situação na cidade é preocupante devido à falta de combustíveis e outros serviços.

Transporte

Desta quinta-feira até o domingo (3), as linhas de ônibus em Divinópolis seguem com horário de domingo. A TransOeste, empresa responsável pelo serviço na cidade informou também durante todos os dias de festa da Divinaexpo, serão disponiblizadas quatro linhas especiais com destino ao Parque de Exposições.

De acordo com informações do Terminal Rodoviário, as linhas intermunicipais seguem reduzidas. O serviço deverá ser normalizado a partir da próxima segunda-feira (04).

Em Bom Despacho, segundo a Prefeitura, as linhas de ônibus estão com horários especiais de atendimento devido à falta de combustível.

ônibus segue com horário especial em Divinópolis (Foto: Amilton Augusto/Arquivo pessoal)

ônibus segue com horário especial em Divinópolis (Foto: Amilton Augusto/Arquivo pessoal)

Autoescolas

A Polícia Civil de Divinópolis, por meio da Delegacia de Trânsito, informou que os exames de direção das autoescolas, que seriam realizados na quarta-feira (30), estão suspensos devido aos reflexos da paralisação dos caminhoneiros. Ainda segundo a polícia, as marcações irão ser remanejadas para outra data, para que nenhum aluno seja prejudicado.

Saúde

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (CIS-URG) informou que as ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estão abastecendo em sete pontos credenciados pelo Estado, o que permite o funcionamento normal.

Isso foi possível porque os municípios de Divinópolis, Nova Serrana, Itaúna e Araújos disponibilizaram combustível para as 35 ambulâncias do Samu.

Em Bom Despacho, o transporte de pacientes para cirurgias, consultas e exames está interrompido desde a última quinta-feira (24).

Em Divinópolis, a central de abastecimento da Prefeitura estabeleceu preferência aos veículos do serviço municipal do luto e saúde. Farmácias da cidade registram falta de medicamentos e a direção do Hospital São João de Deus (HSJD) está em estado de alerta desde a última quinta.

Em Nova Serrana, o serviço de transporte a pacientes para tratamentos nos hospitais continua ocorrendo, mas de forma restrita.

Em Carmo do Cajuru, a Prefeitura informou que mantém o funcionamento dos serviços do Pronto Atendimento e transporte até a Hemodiálise no Hospital do Câncer. Os serviços oferecidos pelos Postos de Saúde da Família (PSF’s) na zona rural foram paralisados.

A Fundação Hemominas de Divinópolis informou que a contagem do estoque de sangue é feita diariamente. Para esta terça-feira, o estoque da unidade está controlado. Entretanto, a fundação ressalta que as cirurgias eletivas nos hospitais da região estão canceladas, com exceção dos casos de urgência e emergência.

A fundação informou ainda que 90% dos grupos de doadores de cidades da região cancelaram as doações devido à falta de combustível para chegar a Divinópolis.

Em Arcos, a Prefeitura informou que a Fundação Municipal de Saúde (Fumusa) está atendendo apenas casos de urgência e emergência. Os Postos de Saúde da Família (PSF) não farão atendimento devido à falta de medicamentos. O Hospital Municipal São José funciona normalmente.

Em Pompéu, a Prefeitura informou que está priorizando o transporte de pacientes para os hospitais da região. Além disso, os veículos da saúde estão fazendo somente o atendimento de casos de urgência e emergência na cidade. Apesar do município ter recebido um carregamento de combustível nesta quarta-feira, a situação na cidade ainda não foi normalizada segundo a Prefeitura.

Coleta de lixo

Por telefone, a empresa responsável pela coleta de lixo de Divinópolis afirmou que a situação é incerta. Conforme a empresa, a coleta não está sendo feita em bairros onde é necessário passar pela rodovia, porque o caminhão não passa pelo bloqueio feito pelos caminhoneiros.

Em Carmo do Cajuru, a secretaria de Obras e Serviços Urbanos informou que os serviços de coleta de resíduos serão mantidos. Entretanto, nesta terça e na quinta-feira (31), a coleta será restrita à zona rural. Não haverá coleta na área urbana.

De acordo com a Prefeitura de Bom Despacho, a coleta de lixo está mantida.

A coleta de lixo em Arcos continuará normalmente. Conforme a Prefeitura, ainda há diesel para manter os caminhões funcionando.

Eventos cancelados

Em Bom Despacho, a Aerofest, festa que seria realizada em comemoração ao aniversário de 106 anos da cidade, foi adiada. Segundo nota da Prefeitura, a logística de serviços essenciais foi prejudicada e impossibilitou a realização. Uma nova data será marcada.

Também em Bom Despacho, a Prefeitura anunciou o cancelamento do desfile das comemorações de aniversário da cidade, no dia 1º de junho, devido à falta de insumos e combustível na cidade e região.

O Festival de Gastronomia de Itapecerica, que seria realizado de 1º a 3 de junho, foi adiado devido ao desabastecimento de combustível e de insumos e produtos na cidade. Ainda de acordo com a Prefeitura, a realização do evento só será possível após a normalização dos serviços no país.

O evento “Música sem fronteiras”, que seria realizado nesta terça-feira em Carmo do Cajuru também foi adiado. Segundo a Prefeitura, uma nova data será marcada.

A Prefeitura de Divinópolis também cancelou a comemoração pelos 106 anos da cidade, comemorado no dia 1º de junho, devido à paralisação dos caminhoneiros.

A Prefeitura de Pompéu informou que, devido às dificuldades geradas pela crise de abastecimento na cidade, a segunda edição do “Arraiá de Pompéu”, que seria realizado do dia 1º ao dia 3 de junho, foi cancelada. O Executivo irá agendar uma nova data para o evento.

Fonte G1 Centro-Oeste
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com