Bombas de único posto com combustíveis em BH são lacradas com centenas de pessoas na fila

Funcionário da ANP lacra bomba encerrando o abastecimento

Foto: Riva Moreira

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Após pouco mais de três horas em funcionamento, foram lacradas as bombas do posto Extra, no Minas Shopping, pouco depois das 17h deste domingo (27). Em função da paralisação dos caminhoneiros, que completou sete dias, este era o único posto de combustível em funcionamento em Belo Horizonte.

A matéria continua após a publicidade

A gerência do posto distribuiu 553 senhas, sendo 200 para veículos 353 para galões. Quando acabaram as senhas de quem estava com galões, a bomba foi lacrada, mas ainda havia muita gente sem senha na fila.

Por alguns minutos o abastecimento de carros continuou, mas a ANP e a Polícia Militar decidiram encerrar o serviço, temendo que houvesse confusão. Os reservatórios ainda têm gasolina, mas o combustível será utilizado apenas para veículos de serviços públicos.

O chefe da ANP em Minas Gerais, Adriano Abreu, pouco após lacrar as bombas, foi embora sob vaias e com escolta escolta policial. Ele alegou que teve que encerrar a venda de combustível por falta de segurança. Funcionários do posto não informaram a quantidade de gasolina que foi vendida.

Fonte Hoje em Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com