49° policial militar é morto no Estado do Rio em 2018

Cabo Rafael Silva Estevão saía de seu carro quando foi abordado pelos bandidos, que atiraram contra ele

Cabo da Polícia Militar Rafael Silva Estevão - Reprodução / Facebook

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Rio – O policial militar Rafael Silva Estevão, de 34 anos, foi morto durante uma tentativa de assalto, na noite desta quarta-feira, em Botafogo, na Zona Sul da cidade.

A matéria continua após a publicidade

O crime aconteceu por volta das 20h40, na Rua Dezenove de Fevereiro. O cabo estava na corporação desde 2012 e era lotado no Centro de Controle Operacional da Polícia Militar (Cecopom). Ele saía de seu carro quando foi surpreendido pelos bandidos. O PM tentou se desvencilhar, mas foi atingido pelas costas.

Segundo a Polícia Militar, agentes do 2º BPM (Botafogo) foram acionados para verificar a suspeita de um homem baleado. Ao chegarem no local, o cabo Rafael já estava morto.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) foi acionada e esteve no local para realizar a perícia. Um inquérito policial foi instaurado para apurar as circunstâncias do crime e a autoria dos disparos. As investigações estão em andamento e os agentes buscam imagens de câmeras de segurança e testemunhas.

Nas redes sociais, moradores da região relataram o que ouviram no momento do crime. “Passei ali. Vi uma pessoa morta. Um homem. Ouvi os tiros. Foram muitos”, contou um internauta. “Foram uns 10 tiros”, relatou outro. “Ouvi de casa”, postou um terceiro.

Trabalho da polícia no local do crime – Reprodução / Internet

Dois policiais mortos

Rafael Silva Estevão é o 49° policial militar morto no Estado do Rio em 2018, o segundo em menos de 24 horas. Na manhã desta terça, Robert Nogueira de Almeida, de 42 anos, também foi assassinado em uma tentativa de assalto, em Cascadura, na Zona Norte. O sargento da PM foi abordado por criminosos enquanto ia para o trabalho. Os bandidos atiraram em Robert ao perceber que ele era policial. O grupo fugiu sem levar nada.

Já na parte da tarde, o agente penitenciário Alex Almeida foi morto a tiros em mais uma tentativa de assalto, na Avenida do Comércio, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele e outras três pessoas estavam em um carro preto, trabalhando para um sistema de monitoramento de veículos, quando quatro bandidos anunciaram o assalto. Alex teria reagido e teve troca de tiros. O agente foi socorrido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu.

Portal dos Procurados pede informações sobre suspeitos de matar agentes de segurança – Divulgação
Fonte Agência o Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com