Casal pegou gripe HN1N3 (H1N3) em Rio Claro e diretora do HC fez alerta, diz “boato”

Boato – Um casal morreu em decorrência da gripe HN1N3 (H1N3) em Rio Claro. Diante do vírus, a diretora do HC (Hospital de Clínicas) fez um alerta sobre a nova gripe.

Influenza virus. Image produced from an image taken with transmission electron microscopy. Viral diameter ranges from around 80 to 120 nm. (Photo by: BSIP/UIG via Getty Images)

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Apesar de dados do Ministério da Saúde apontarem que o número de casos registrados em 2018 é menor do que no mesmo período de 2017 (os dados foram atualizados em 7 de abril), o assunto tem sido uma constante em redes sociais. Muitas dessas histórias relacionadas à gripe falam de “vírus novos” que chegaram ao Brasil.

A matéria continua após a publicidade

 

Atenção:

Por uma questão de ética não iremos exibir a foto do casal que está circulando nas redes sociais.

Uma mensagem que circula online aponta que um casal de Rio Claro (que não vamos publicar a foto aqui) morreu em decorrência do “HN1N3”, que o caixão foi lacrado e atentava para um áudio enviado pela “diretora do HC (Hospital das Clínicas) ”. Leia o texto que circula online e escute o áudio:

Esse casal pegou a gripe hn1n3 aí em Rio Claro ele veio a óbito ontem e foi para o velório em caixão lacrado para ser sepultado hoje nas primeiras horas, ela ontem à noite estava na UTI com falência múltipla de órgãos.

ATENÇAO: Muita atenção a este áudio enviado pela Diretora do HC (Hospital das Clínicas), preocupada com a nova gripe que está chegando no Brasil e promete matar muita gente. Se vc puder evitar de ir em local de multidão (cinema, shopping, etc), tomar vitamina C, comer fígado, suco de acerola e laranja por favor faça. Ouça o áudio até o fim, isto é muito sério… COMPARTILHEM.

A história está circulando muito na internet principalmente nos grupos de WhatsApp e têm deixado as pessoas em alerta para o “novo vírus”. Mas será mesmo que um casal morreu em Rio Claro em decorrência ao HN1N3 ou H1N3? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

É fato que o casal apresentado na imagem que viralizou na web faleceu em decorrência de complicações do vírus influenza. Porém, um laudo divulgado pelo Instituto Adolf Lutz aponta que os pacientes haviam contraído o vírus H1N1.

Além disso, a mensagem fala de um vírus que sequer existe. Não há na medicina qualquer classificação que aponte para a existência de um vírus “HN1N3”. O mais próximo que existe disso é o H1N3 (uma variação do H1N1). Porém, não há casos registrados no Brasil em 2018.

Já deu para ver que a história é falsa. Mas em relação ao “áudio da diretora do Hospital das Clínicas”? Simples: o áudio, que fala do “vírus H2N3”, já foi desmentido outras vezes.

Ficou em dúvida ainda? Resumimos mais uma vez para você.

 

  1. H1N1 e H3N2: vírus da gripe com casos no Brasil. O melhor a fazer é se vacinar (se você está nos grupos de risco) e tomar a medicação correta (se você contrair o vírus).
  2. H2N3: vírus que não existe no Brasil. Apesar de ter sido divulgado em áudio no WhatsApp, não são registrados casos de H2N3 desde 1968.
  3. H1N3: vírus que existe, mas não há nenhum caso catalogado no Brasil em 2018. Variação do H1N1.
  4. HN1N3: simplesmente um erro de digitação de alguém que queria espalhar um boato na internet.

Com tudo isso, podemos dizer que a “última” mensagem que está viralizando sobre a gripe é falsa. Nem o casal que veio a óbito em Rio Claro contraiu HN1N3 nem o áudio que circula online merece ser levado em conta. Boato duplo.

Fonte Boatos.org
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com