Ambulante é preso acusado de dopar e estuprar garota de 16 anos em Patos de Minas

A garota estava em uma confraternização juntamente com alguns amigos durante a tarde, quando desapareceu.

(Foto: Mauricio Fernandes/Patos Hoje)

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um homem de 29 anos foi preso na noite deste sábado (07) acusado de dopar e violentar uma adolescente de 16 anos em Patos de Minas. A garota estava em uma confraternização juntamente com alguns amigos durante a tarde, quando desapareceu. Ela teria sido dopada e estuprada.

A matéria continua após a publicidade

De acordo com a mãe, a adolescente saiu de casa para ir até a confraternização por volta de 13h40. Ela e os amigos ficaram transitando de uma casa para outra, quando Márcio Roberto Lima, de 29 anos, teria colocado um pó na bebida da adolescente para dopá-la. Depois disso, ele teria escondido a menina em um quarto da casa.

Questionado pelos amigos da jovem, Márcio disse que ela já tinha ido embora. Eles acreditaram e voltaram para a casa em que estavam antes. Márcio teria continuado na residência com a menina. Preocupada com a filha que não dava notícias há varias horas, a mãe começou a procurar. Ela disse que foi até a casa em que eles estavam confraternizando por volta de 16h00 e foi informada que a adolescente já tinha ido embora há cerca de uma hora e meia.

Desesperada, a mãe continuou procurando pela filha nas imediações. Segundo a mulher, por volta de 18h40, recebeu uma ligação de Márcio. “Pode ficar tranquila que sua filha está comigo aqui em casa”, teria dito o ambulante. A mãe exigiu que o rapaz falasse o endereço onde estavam, mas segundo ela o autor se recusou. Nesse momento, a mãe disse que ouviu a filha dizer “mãe me ajuda, socorro”. Após isso, Márcio passou o endereço errado para a mãe que, sem pensar, foi atrás da filha.

Quem conseguiu encontrar a adolescente foi sua irmã. A garota estava em uma casa localizada na Rua Piracicaba no Bairro Jardim Esperança, apenas uma rua a cima da residência onde mora. A mulher informou que quando chegou na casa, Márcio não queria deixar que ela entrasse. Com muita insistência, a mulher entrou na residência e encontrou a filha completamente nua, em cima de um banco em um quarto onde o Márcio guarda temperos.

De imediato a Polícia Militar foi acionada. Segundo o Sargento J. Alves, Márcio, que é natural de Bacabau no estado do Maranhão, é vendedor de temperos e não possui passagens policiais. O militar informou que ele escondeu as roupas da adolescente. A mãe usou uma roupa do próprio autor para levar a filha.  Ela foi conduzida até a UPA pela viatura policial para passar por exames e constatar os abusos.

Márcio foi preso e encaminhado até a delegacia. Ele negou as acusações. O caso terá que ser investigado.

Fonte Patos Hoje
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com