PM desmantela quadrilha envolvida em explosão de caixa eletrônico no Centro-Oeste de Minas

(Fotos: Polícia Militar/Divulgação)

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Policiais Militares da 7ª Região de Polícia Militar foram acionados por volta de 04:00 horas da manhã desse sábado (7), por militares da Fração PM do município de Piumhi / 18ª RPM, para fins de apoio ao cerco de uma quadrilha de criminosos fortemente armados e em diversos veículos em cobertura, que haviam acabado de explodir caixas eletrônicos em duas agências bancária naquela cidade, os quais, após o crime, teriam empreendido fuga sentido à 7ª Região.

A matéria continua após a publicidade

De imediato, foi desencadeada uma grande Operação pela Polícia Militar em vários municípios da região, realizando várias diligências em busca de informações e abordagens a veículos suspeitos.

Durante o rastreamento, uma equipe da Polícia Militar abordou um veículo Fiat Punto na rodovia MG-050, próximo à Praça de Pedágio do município de São Sebastião do Oeste, com 4 indivíduos em atitudes suspeitas.

Após busca pessoal e no interior do veículo foi localizada grande quantidade de dinheiro, escondido dentro do painel do carro, além de um colete balístico.

Em diálogo com os abordados, eles indicaram o local onde estavam homiziados, sendo um sítio localizado na zona rural do município de São Sebastião do Oeste, onde após adentramento tático, os militares localizaram grande parte dos materiais que foram apreendidos.

Assista a entrevista com o Major PM Alexsander.

Desdobramento 

Durante as diligências os militares identificaram e localizaram o proprietário do sítio, onde a quadrilha se escondia, sendo ele preso em flagrante por coautoria, uma vez que segundo levantamentos, embora tivesse alugado o imóvel, tinha conhecimento das atividades ilícitas desenvolvidas pela quadrilha no local.

Na continuidade das ações policiais, os militares se deslocaram até uma residência no bairro Jardinópolis em Divinópolis, onde reside a autora Antônia Lucilene de Carvalho, 31 anos, que alugou o sítio há cerca de dois anos para servir de esconderijo da quadrilha, onde foram apreendidos também aproximadamente 400 gr de cocaína, dois tabletes de maconha, uma balança de precisão e um veículo VW Saveiro.

Segundo a autora Antônia, ela teria sublocado o sítio para seu cunhado de nome Cleyton Vergílio Camargos, 32 anos, o qual foi localizado e preso também por coautoria.

Na residência do autor Guilherme, no bairro São José, foi encontrado um rádio transceptor (HT).

 

Após todo levantamento feito pela Polícia Militar, foram identificados e presos, sete suspeitos que tinham diversas participações em explosões de caixas eletrônicos no Estado de Minas Gerais.

 

Foram presos:

– Kaique Teixeira Fernandes, 20 anos (passagens por furto, receptação e uso de drogas)

 

– Guilherme Henrique Pereira, 31 anos (sem passagens até então)

 

– Elbert Antônio Lopes, 36 anos (Passagens por furto e porte ilegal de arma de fogo)

 

– Cairo Santos Brandão, 23 anos (passagens por homicídio, roubo a mão armada e porte ilegal de arma de fogo)

 

– Milton Ferreira Cardoso, 51 anos, proprietário do sítio (sem passagens)

 

– Antônia Lucilene de Carvalho, 31 anos, locatária do sítio (sem passagens)

 

– Cleyton Vergílio Camargos, 32 anos, sublocatário do sítio (sem passagens)

De acordo com a Polícia, todos os envolvidos são da cidade de Divinópolis/MG.

Materiais apreendidos 

– 14 armas de fogo de grosso calibre:

-02 (dois) Fuzis M4

-02 (dois) Fuzis Imbel calibre 762

-01 (um) Fuzil AK 47

-02 (duas) Espingardas calibre 12

-07 (sete) Pistolas de diversos calibres como .40, 9mm e .45

– 322 munições de variados calibres

– 15 rádios transceptores (HTs)

– 12 aparelhos de telefone celular

– 05 máscaras com filtro de gás

– 10 pares de placa com capa de coletes balísticos

– 14 bananas de dinamite

– 02 artefatos explosivos com detonador

– 09 encartuchado de emulsão (explosivos)

– 450 gr de cocaína

– 01 prensa hidráulica para prensar drogas

– 03 veículos (Hilux, Punto e Saveiro)

– aproximadamente R$76.000,00 (setenta e seis mil reais em dinheiro)

– diversos miguelitos, entre outros objetos.

 

De acordo com o Comandante da 7ª Região, Coronel Marcelo Augusto Santos, o resultado dessa ação exitosa é fruto de um trabalho integrado e bem articulado entre as Unidades da Região, trabalho este que será potencializado na próxima semana, com o treinamento de aproximadamente 50 militares, dos 50 municípios que integram a 7ª RPM, que será ministrado por uma equipe especializada do Batalhão de Operações Especiais – BOPE da PMMG, com foco na prevenção e repressão à explosão de caixas eletrônicos.

Haverá ainda um treinamento teórico e prático na semana posterior com o emprego de armas de alta energia (Fuzil), armas estas que serão distribuídas para todas as Frações PM da 7ª Região.

Com isto, a Polícia Militar em nossa Região terá ainda melhores condições de dar uma resposta à altura em ocorrências dessa natureza, finaliza o Cel Marcelo Augusto.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com