Um professor universitário de 45 anos e um geólogo de 30 foram presos em flagrante, nesta sexta-feira (6), por posse e compartilhamento de pornografia infanto-juvenil. A dupla estava sendo investigada pela Polícia Federal em Minas Gerais, que deflagrou nesta manhã a operação “Cantinho do Pensamento I”.

A matéria continua após a publicidade

Com um dos suspeitos, conforme a corporação, foi apreendido 80 comprimidos de ecstasy. Se condenados, os dois poderão cumprir até seis anos de prisão. Ambos foram encaminhados para a penitenciária Nelson Hungria, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Além do flagrante, a PF cumpriu quatro mandados judiciais de busca e apreensão em Belo Horizonte, Betim, Contagem e Sabará. Nos locais foram apreendidos computadoresf com arquivos de imagem e vídeo de pornografia infantil.