31º Policial militar é morto durante ataque de criminosos no Rio de Janeiro em 2018

PM foi levado para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, mas não resistiu. Outro policial ficou ferido no ataque. Número de policiais mortos este ano no Rio chega a 31

Cabo Raphael de Oliveira - Reprodução

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Rio – Um policial militar levou um tiro na cabeça e morreu, na noite desta sexta-feira, após ser ferido durante patrulhamento na Avenida Martin Luther King, esquina com a Rua Professor Sá Lessa, em Rocha Miranda, na Zona Norte. De acordo com o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste, para onde o cabo Raphael de Oliveira Monteiro foi levado, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória. Médicos tentaram reanimá-lo, em vão. A morte foi constatada às 19h20.

 

A matéria continua após a publicidade

O cabo Bruno Marazo também foi atingido no ataque. Ele foi ferido por estilhaços no braço e na mão, e não corre risco de vida. De acordo com a Polícia Militar, os PMs se depararam com bandidos em motocicletas quando foram atacados. A viatura em que eles estavam teve um dos pneus furados pelos tiros e os policiais acabaram baleados e socorridos por uma viatura do 9°BPM (Rocha Miranda) que passava pelo local. Os praças foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rocha Miranda, mas acabaram transferidos para o Albert Schweitzer.

Raphael era casado e deixa um filho de quatro anos. Ainda não há informações sobre o horário e o local do sepultamento. Com este caso, o número de policiais mortos este ano no estado do Rio chega a 31.

Homenagem a colega morto

No dia 8 de dezembro, Raphael fez uma homenagem para cabo Eduardo Deniz da Silva, da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Arará/Mandela, que morreu após ser baleado no peito. Silva estava na Avenida Dom Hélder Câmara, na Zona Norte do Rio, quando foi ferido durante uma tentativa de abordagem.

Na publicação Raphael escreveu: “Foi um grande prazer te conhecer e conviver ao seu lado, meu irmão. Por destino e vontade de Deus você partiu na frente. Em breve estaremos juntos de novo”.

Fonte Agência O Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com