Homem morre após ser baleado na Rocinha

Doze pessoas foram mortas nos últimos oito dias na comunidade

Bebê de 10 meses caiu no chão após disparo atingiu o pai - Reprodução Redes Sociais

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Rio – Um homem, identificado como Davidson Farias de Sousa, de 28 anos, morreu após ser baleado na Rocinha, na Zona Sul da cidade, no fim da tarde desta quinta-feira. Segundo a Polícia Militar, agentes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) patrulhavam a localidade conhecida como Vila Verde quando ouviram disparos. No entanto, os PMs não souberam dizer de onde partiram os tiros.

 

A matéria continua após a publicidade

Mais tarde, os policiais foram informados que um homem havia dado entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Verde, mas não resistiu aos ferimentos. Nos últimos oito dias, 12 pessoas morreram por conta dos confrontos na Rocinha.

O caso foi registrado na 11ª DP (Rocinha). O irmão da vítima contou ao RJ TV 2° Edição, que Davidson foi atingido na varada de casa enquanto estava com o filho no colo. A criança, de apenas 10 meses, caiu no chão após o pai ser atingido e teve que ser socorrida também.

No último fim de semana, um confronto entre policiais militares e traficantes deixou oito mortos na comunidade, entre eles o jovem Matheus da Silva Duarte de Oliveira, de 19 anos, que era dançarino de um projeto social.

Já na quarta-feira (21), o policial militar Filipe Santos de Mesquita e o morador Antônio Ferreira da Silva, conhecido como Marechal, morreram durante um tiroteio na favela.

Fonte Agência O Dia
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com